O Que Toda Proposta de Trabalho Deve Conter

Seu site vivendo um momento crítico

Toda e qualquer relação comercial deve começar com um bom entendimento sobre as tarefas a serem realizadas, os prazos a serem cumpridos em cada etapa e, é claro, os honorários e formas de pagamento a serem praticados. Este tipo de comportamento profissionaliza, valoriza sua relação com os clientes, além de garantir a sua saúde financeira.

Depois de receber e formatar o briefing, a primeira coisa a ser feita é enviar a sua proposta de trabalho para o cliente, que aprovada, dará início ao projeto. Nessa proposta especificar quanto você vai cobrar e tentar pedir um sinal (20% ou 30%).

Para facilitar a sua vida, aqui vão alguns itens básico da proposta (contrato) de trabalho:

  1. Qualificação das partes
  2. Apresentação sucinta do escopo do projeto
  3. Serviços cobertos pela proposta
  4. Serviços excluídos da proposta
  5. Prazos necessários ao cumprimento de cada etapa
  6. Honorários, impostos e formas de pagamento
  7. Condições gerais
  8. Local data e assinatura

Um anteprojeto (layout) bem acabado da solução escolhida, deverá ser apresentado. Este anteprojeto deverá se aproximar ao máximo do resultado a ser alcançado quando o projeto for desenvolvido.  Você nunca deve esquecer de limitar o número de layouts que serão fornecidos.

Uma outra questão muito importante é a limitação de responsabilidade, pois o cliente pode pensar que é parte do trabalho, mas não será você quem vai fazer ( fornecimento de textos, fotos, ilustrações etc.), se for para ser feito por você, não esqueça de especificar os custos.




A proposta deve conter uma cláusula de validade dos valores apresentados, para a aprovação da proposta, onde o cliente deverá lhe enviar uma confirmação, seja uma assinatura a vista ou eletrônica, dentro do prazo.

Para finalizar essa breve orientação, você deve especificar que seu anteprojeto será apresentado em um primeiro layout que, caso seja necessário, sera refeito uma vez mais, com todas as observações feitas sobre o primeiro, se mesmo assim o cliente pedir novas alterações, cada uma custará 50% da fase em questão. Se muitas alterações são pedidas, o cliente está mudando o briefing, ou você, ou ele, não estão entendendo o trabalho.

Gostou do post? Comente, curta e compartilhe.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.