Logotipos-combinacoes-de-cores-de-grandes-empresas-de-sucesso-miltondesign

Todos sabemos como as cores nos influenciam de várias maneiras, em nosso dia a dia, principalmente, em nossa emoção, independente da forma. Tanto isso é verdade que se apresentarmos a um grupo de pessoas as cores em vários formatos geométricos, certamente, se lembrarão de cada uma cor, mas, dificilmente se recordarão da forma que a cor foi apresentada, isso denota como as cores exercem influência direta em nós, nos agradando ou causando repulsa.




 

Conhecimento das cores?

Na escolha de uma cor para qualquer tipo de trabalho de design, seja gráfico, seja digital ou de ambiente, necessitamos ter em mente que estaremos lidando com estímulos, que essa cor provocará e as possíveis reações no público que se deseja atingir.

Nunca é demais frisar que necessitamos estar atentos ao significado psicológico das cores para melhor resultado em nosso projetos.

Sei o quanto é difícil, mas, é necessário que em cada projeto visual devemos conhecer as teorias das cor, para saber como estas se complementam e interagem umas com as outras.

Existe uma crença de que as cores teriam diferentes efeitos psicológicos sobre as pessoas, embora isso não seja comprovado cientificamente. Alguns efeitos seriam:

  • Vermelho é paixão, entusiasmo, encontro entre pessoas. Estimula ações agressivas;
  • Amarelo é concentração, disciplina, comunicação, ativa o intelecto. Está associado a positividade e a boa sorte;
  • Laranja é equilíbrio, generosidade, entusiasmo, alegria. Além de ser atraente e aconchegante;
  • Verde é esperança, abundância, cura. Estimula momentos de paz e equilíbrio. É a cor da revelação, também representa a ganância.
  • Azul é purificação, expulsa energias negativas. Favorece a amabilidade, a paciência a serenidade. Estimula a busca da verdade interior;
  • Lilás é a cor que tem mais influencia em emoções e humores. Também está ligada a intuição e a espiritualidade;
  • Branco é purificador e transformador. Representa a perfeição e o amor divino. Estimula a imaginação e a humildade. Produz a sensação de limpeza e claridade, além de frieza e esterilidade;
  • Preto, pode ser representado como uma capa de aço, onde aquilo que está dentro não sai e aquilo que está fora não entra.
  • Rosa Pode ser representado pela humildade, amizade e carinho.




 

Cores que os Homens mais gostam:

  • Azul: 57%
  • Verde: 14%
  • Preto: 9%
  • Vermelho: 7%
  • Laranja: 5%
  • Cinza: 3%
  • Marrom: 2%
  • Branco: 2%
  • Amarelo: 1%

 

Cores que as Mulheres mais gostam:

  • Azul: 35%
  • Roxo: 23%
  • Verde: 14%
  • Vermelho: 9%
  • Preto: 6%
  • Laranja: 5%
  • Marrom: 3%
  • Amarelo: 3%
  • Cinza: 1%
  • Branco: 1%

 

Cores que os Homens menos gostam:

  • Marrom: 27%
  • Roxo: 22%
  • Laranja: 22%
  • Amarelo: 13%
  • Cinza: 5%
  • Branco: 5%
  • Verde: 2%
  • Vermelho: 2%
  • Preto: 1%
  • Azul: 1%

 

Cores que as Mulheres menos gostam:

  • Laranja: 33%
  • Marrom: 20%
  • Cinza: 17%
  • Amarelo: 13%
  • Roxo: 8%
  • Verde: 6%
  • Branco: 3%
  • Preto: 0%
  • Azul: 0%
  • Vermelho: 0%

 

Fonte: Psicologia das cores

Essa pequena estatística nos ajuda a compreender um pouco melhor os dois tipos de públicos, masculino e feminino, para o qual iremos construir uma campanha ou um projeto.




É realmente é muito interessante perceber como a psicologia das cores são utilizadas atualmente, principalmente, pelas grandes empresas.

Marcas conhecidas mundialmente, fazem uso constante deste conhecimento para chamar a atenção, ou simplesmente, vender mais seus produtos.

Empresas como a Coca-Cola, que utiliza o vermelho na maior parte de seus produtos, remetendo ao calor, mas este calor sendo “quebrado” pelo frescor que representam as bolhas d’água desenhadas nas latas.

Reveja a imagem do topo do artigo e estude a relação da cor, com a emoção que se deseja passar.

Gostou do post? Comente, compartilhe, curta.

Assine a nossa Newsletter.

Curta a nossa Fanpage.

 

Gostou do post? Comente, curta e Compartilhe.

Precisando de ajuda? Clique aqui, podemos te ajudar.

 

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] percepção da cor está fortemente ligada a influências de cores na cultura. Um exemplo extremo que podemos citar é […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.