Posts

Planejamento e estratégia podem definir o futuro do seu projeto na web

Costumo dizer que a internet é uma “terra” sem leis. Mas, isso não é apenas atrelado ao fato de que os crimes praticados na internet são quase que impunes. Refiro-me principalmente, ao fato de que, alcançar o “sucesso” na internet está basicamente atrelado ao acaso.

Porém, no mundo dos negócios não podemos contar com o acaso. O que ocorre conosco aqui na MDesign, são empresários ou empreendedores que buscam refazer seus projetos, visando melhorar o planejamento e estratégia na execução.

A internet é um dos veículos de comunicação mais democrático que existem no mundo. Por isso a quantidade de profissionais da área cresce a números assustadores, e, por uma questão de estatística é natural que maus profissionais se infiltrem entre os bons.

É exatamente nesse ponto que o planejamento e a estratégia podem ajudar a identificar se o profissional responsável pelo seu projeto está capacitado para executá-lo ou não. Nenhum projeto é tão simples que não deva ser planejado. Fuja daqueles que evitam esse tipo de prática, é o seu dinheiro que está em jogo, portanto, o mais interessado em protegê-lo deve ser você.

Aqui na MDesign nenhum projeto é executado sem que haja planejamento, nossa principal preocupação é que seu negócio ou empresa não venha causar dores de cabeça.

O WordPress é o nosso principal “poder”. Ele é totalmente adaptável à sua necessidade e, dificilmente, deixará de suprir as necessidades do seu projeto. Além dessa poderosa arma, temos várias estratégias as quais, com certeza, superarão as suas expectativas!

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, faça uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Reduza imagens em +200% com o irfanview

Você está querendo mostrar imagens para outras pessoas, talvez individualmente, ou talvez em uma apresentação de slides ou no seu site – por exemplo, fotos de férias ou fotos do dia da família. Alguns precisarão de um retoque antes de serem usados, talvez alterando suas cores, ou adicionando efeitos, ou alterando seu tamanho, cortando, combinando, há muitas maneiras de fazer usos diferentes de uma única imagem.

O IrfanView oferece facilidades para fazer todas essas coisas em um aplicativo pequeno. Possui uma interface de usuário limpa e simples para que não seja intimidadora para usuários iniciantes, mas por trás disso está um aplicativo muito poderoso e útil que pode não ter todos os recursos de uma ferramenta de edição de imagem profissional de alto padrão, mas que faz o suficiente para atender a muitos das nossas necessidades.

Prós

Filtros e efeitos são fáceis de aplicar: É extremamente fácil obter resultados bastante poderosos muito rapidamente. Uma rápida seleção de menu – não mais do que alguns cliques – permite que você brinque facilmente com as cores da imagem e aplique uma ampla variedade de filtros e efeitos.

Criação de apresentação de slides: Uma das razões pelas quais tiramos fotos é mostrá-las a outras pessoas. Com o IrfanView é fácil combinar várias imagens em uma apresentação de slides que pode ser executada de forma totalmente independente do aplicativo, pois é criada como um arquivo executável. Isso significa que uma apresentação de slides pode ser facilmente compartilhada com outras pessoas, que podem apreciá-la de forma independente.

Marca d’água: você pode querer adicionar uma marca d’água a uma imagem para identificar uma imagem como sua, a fim de impedir que outras pessoas usem suas fotos sem sua permissão, ou talvez para ter fotos como pertencentes a um conjunto específico. Adicionar uma marca d’água é fácil. Basta definir a marca d’água e, em seguida, ela pode ser adicionada repetidamente a qualquer imagem que você selecionar com alguns cliques.

Muitos formatos de arquivo suportados: bem mais de uma centena de formatos de arquivos gráficos diferentes são suportados, além de muitos formatos de vídeo. A conversão entre diferentes formatos é fácil e você pode converter em lotes ou como arquivos únicos.

Criação de imagens: há várias maneiras de criar novas imagens, como dividir uma imagem em blocos cujas dimensões você definiu e combinar imagens para criar panoramas. Você pode escrever e desenhar em imagens usando um conjunto simples de ferramentas de pintura que incluem várias ferramentas de pincel, linha, forma e preenchimento, para que possam ser personalizadas ou específicas para um uso específico.

Digitalização: O IrfanView irá adquirir imagens diretamente do seu scanner, portanto, não há necessidade de passar por um aplicativo de digitalização separado antes de começar a trabalhar em uma imagem.

Vá direto para outros editores: Para aqueles momentos em que o IrfanView não oferece o que é necessário, você pode abrir uma imagem que está visualizando em outro editor de imagens a partir do IrfanView. Portanto, é fácil mudar se você achar que sua criatividade é limitada pelo que está disponível, sem perder tempo.

Plugins: Novos recursos são relativamente fáceis de adicionar graças ao suporte para plugins. Existem muitos plugins disponíveis, e eles permitem que alguns recursos bastante especializados sejam adicionados por aqueles que precisam deles, sem disponibilizar tudo para todos – o que faria o aplicativo parecer um pouco inchado. Veja uma lista completa de plugins atuais.

Contras

Interface de usuário simples: A interface de usuário simples e o design antiquado podem ser vistos como positivos ou negativos, dependendo de quem usa. É relativamente fácil para os recém-chegados serem produtivos muito rapidamente, e não há aspectos visuais distrativos na aparência geral do IrfanView. Mas, por outro lado, alguns vão pensar que o visual é muito antiquado.

Resultado final

O IrfanView é um editor de imagens com muitos recursos, com muitas opções, mas eles são organizados de maneira sensata e fáceis de acessar rapidamente. Como resultado, o IrfanView pode ser usado para produzir bons resultados muito rapidamente. Os plug-ins significam que você pode adicionar recursos especializados sem que todo o aplicativo fique cheio de recursos que muitas pessoas nunca usarão. O visual um tanto básico vai afastar algumas pessoas, mas não se deixe influenciar. A beleza desta aplicação está sob a pele.

Baixe o aplicativo e tire as suas próprias conclusões.

 

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

9 dicas simples e rápidas para seu novo site

1. Contrate um bom servidor de hospedagem

É uma questão de fundamental importância, pois você dependerá desse serviço para manter o seu site funcionando 24 horas por dia, 365 dias por ano, e quando houver algum problema técnico com o site a resposta do provedor de hospedagem deve ser rápida, recomendamos a empresa Hostgator, pois o atendimento é personalizado e muito rápido, pois alguns serviços de hospedagem tem como prazo até 72 horas para resolver as solicitações de suporte.

Não deixe de levar em consideração essa questão, pois algumas pessoas só levam em consideração o preço. Um outro ponto importante é sobre contratar serviços em sites estrangeiros, se você não entende o inglês por exemplo, terá alguma dificuldade para a comunicação com a equipe de suporte desse serviço.

2. Cadastre antecipadamente o perfil do seu site nas redes sociais

Não espere o site ser lançado para fazer isso o cadastro nas redes sociais, verifique antes a disponibilidade do nome que se pretende registrar para o seu projeto. Pode parecer estranho mas recomendamos que você também já faça alguma atividade prévia nesses ambientes sociais para quando o site for lançado posso levar alguma vantagem nos buscadores.

3. Tenha um conteúdo agendado para pelo menos um mês

É sempre uma boa prática publicar conteúdo todos os dias assim que ele é lançado, então tente planejar antecipadamente as publicações que você irá postar todos os dias. O WordPress, por exemplo, permite que você faça agendamento para as postagens pelo tempo que precisar, digamos 30 dias. Assim você só fica com a preocupação de gerar ainda mais conteúdo para frente ao invés de ficar correndo atrás do tempo perdido e dos prazos apertados.

4. Crie um buzz em torno do lançamento do seu site

Dê um evento, patrocine alguma coisa, coloque artigos nas mídias sociais e promova-se com entrevistas sobre o seu projeto antes do lançamento. Muitas das vezes um bom lançamento de site é o que pode fazer realmente a diferença para os rumos de qualquer negócio que almeja ter sucesso. Criando aquele “burburinho” em torno do seu projeto, você pode até ganhar fãs da sua marca logo de início.

5. Planeje as suas próximas tarefas após o lançamento

Se você conseguiu fazer um bom pré-lançamento, como deverá ser o seu pós-lançamento? Quais atividades você deverá executar para que o “movimento” em torno do seu site continue? Existe alguma ou algumas sazonalidades do seu negócio que devem ser respeitadas? Evite ficar correndo atrás do tempo perdido.

6. Certifique-se de que está tudo certo três vezes antes do lançamento

É sempre muito bom chamar algumas pessoas de fora do seu projeto para darem uma olhada e procurarem por algo errado, que não esteja muito legal etc. Verifique também se os endereços de e-mail estão funcionando, os formulários de contato, se há erros no layout e se o seu site funciona na maioria dos navegadores de internet disponíveis. É melhor prevenir que remediar.

7. Comprometa-se com o agendamento

Mesmo deixando o público a par ou não da data do lançamento, é excelente comprometer-se com uma data específica e se dispor a cumpri-la de qualquer maneira, pois sem isto, o seu projeto corre sério riscos de não sair do papel e ficar sempre recebendo novas requisições e “melhorias” antes de ser lançado com a desculpa de que tais coisas eram realmente necessárias para colocá-lo em produção. Planejando com cuidado o seu lançamento, as tarefas com certeza sairão na ordem devida.

8. Divulgue várias maneiras para as pessoas entrarem em contato com você

De nada vale um site que não leva o visitante a entrar facilmente em contato com as pessoas que estão por trás do projeto, seja para tirar dúvidas, dar feedback ou até mesmo adquirir um produto ou serviço. Colocar o telefone ou e-mail logo na cara do site é uma boa alternativa, mas também preocupe-se em melhorar ainda mais a interface do seu site para ser mais fácil encontrar-lhe.

9. Mostre aos seus usuários o que está por vir e armazene-os em uma lista de e-mails

Esta talvez seja a principal maneira de captar e reter clientes logo de início, pois mostrando o que está por vir no seu projeto, pode fazer com que os recém-chegados visitantes sintam-se à vontade para inscrever-se em sua newsletter e poderem ser informados, das novidades do seu site.

Se você conseguir colocar algumas ou todas essas sugestões em prática o seu site terá bastante sucesso e lembre-se: criamos e escrevemos o nosso site e o conteúdo para um determinado público não para nossa satisfação.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

Crie mockup de suas camisetas online de graça

No site ShirtMockup você pode criar mockup (modelo) das suas camisetas gratuitamente. É uma ferramenta muito bacana para quem precisa criar design de camisetas e gostaria de fazer um teste antes.

Tendo a imagem que não deve ultrapassar os 300kb, nos formatos GIF, JPG, você poderá ajustar no modelo e ver o resultado, podendo salvar o modelo no seu próprio computador que poderá vir a montar um catálogo, por exemplo.

Teste aqui: ShirtMockup.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

O Que é Gestalt?

No design certamente utilizamos as leis da Gestalt o tempo todo, e muitas vezes até de forma inconsciente. Você pode observar esse resultado na percepção visual no seu dia a dia. #gestalt #design

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Wayback machine: Volte no tempo e veja como eram os sites no passado

Você que está iniciando na área de webdesign já deve ter tido curiosidade em saber como eram as páginas no início da internet comercial.  Já deve até ter visto alguns sites antigos desenvolvido por amigos ou mesmo pelos professores de webdesign, mas saber como eram os projetos do UOL, TERRA, AMERICA ONLINE etc., nacionais ou estrangeiros, nesta época é muito legal e ver quanto evoluirão. Eu mesmo em vários momentos precisei recuperar conteúdo de sites que foram apagados ou excluídos nos servidores para meus clientes e essa plataforma foi de grande ajuda.

No WayBackMachine você pode voltar no tempo e ver o seu site favorito ou estudar a evolução das páginas web até os dias atuais de qualquer site. Este projeto conta com mais de 400 bilhões de páginas arquivadas desde 1996 até alguns meses atrás.




Para fazer a sua pesquisa digite o URL completo que se deseja com o “http://domínio” na caixa de pesquisa (search) e pronto, você terá todo o conteúdo disponível que foi arquivado com suas evoluções. Alguns sites perdem um pouco a configuração de como eram feitos, mas o conteúdo é sempre preservado.

Acredito que este site poderá te ajudar muito, seja para aprendizado, seja para recuperar conteúdo de sites, textos e imagens que seus clientes possam ter perdido e através dele poder recuperar o conteúdo.

Visite o URL: http://www.archive.org/web/web.php e preencha com o URL do site desejado depois é só navegar na barra pelos anos ou no calendário anual que aparecerá em cada ano.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

HomeOffice lucrativo

10 erros básicos na criação de sites

A principal áreas do desenvolvimento web é o web design, e essa deve se comunicar com outras áreas correlatas, a partir de um bom planejamento visual. É o que o web design deve proporcionar: uma boa experiência visual ao visitante do site e o sucesso que se almeja.

Para corrigirmos um problema, é preciso conhecê-los antes; por isso, vamos a uma pequena lista com 10 erros básicos de web design que você deve evitar!


Erros básicos de web design

  1. Usar fontes de difícil leiturabilidade.
  2. Não usar imagens, apenas texto puro.
  3. Textos longos sem parágrafos.
  4. Tamanho da fonte do conteúdo muito pequena.
  5. Elementos em flash, muito pesado.
  6. Texto por cima de background muito colorido.
  7. Cuidados no uso de publicidades.
  8. Popups indesejáveis.
  9. Conteúdo muito intenso.
  10. Links diferente da cor do texto.

 

1 – Usar fontes de difícil leiturabilidade.

O uso de fonte adequada para a leitura confortável é muito importante para manter a retenção do visitante no seu site, todos os outros elementos (imagens, gráficos etc.) são importantes para tornar o conteúdo agradável, mas é o texto que o visitante buscou quando pesquisou no Google, e esse é que deve ser prestigiado, pois, já ouvistes que o conteúdo é o rei.

 

2 – Não usar imagens, apenas texto puro.

Da mesma forma que a escolha da fonte é importante para tornar o conteúdo agradável, o uso de imagem ajuda a dar mais suporte para o texto, tornando-o mais explicativo. Faça sempre uso de imagens quando desejar um texto de leitura mais agradável.

Mas, lembre-se de não usar imagens em excesso, pois, essas determinarão, também, o tempo de carregamento da página.

 

3 – Textos longos sem parágrafos.

Recomenda-se, parágrafos com 4 ou 5 linhas para tornar a compreensão mais fácil, pois, parágrafos maiores tornam difícil a leitura na tela do computador. Dessa forma para aumentar a entendimento do conteúdo do seu site use sempre essa regra.

 

4 – Tamanho da fonte do conteúdo muito pequena.

Qual o tamanho ideal de fonte para a tela do computador? Esse tamanho deve ser a partir de 16 px, o padrão nos navegadores. Fontes muito pequena torna o texto lido na tela muito desconfortável, claro que as pessoas podem aumentar o tamanho das letras no navegador, mas leve em consideração que essa experiência não é prática de todos. Letras maiores tornam o texto mais fácil de ser lido também por pessoas com mais idade.

 

5 – Elementos em flash, muito pesado.

Acredito que você não esteja mais usando banners e outros elementos em flash, mas se ainda o está fazendo, leve em consideração não utilizá-lo mais. Existem outras formas de dar dinâmica a sua página. Se você estiver usando WordPress existem dezenas de plugins que realizam a mesma tarefa.

 

6 – Texto por cima de background muito colorido.

O melhor background para texto é o branco, pois, essa é a relação que as pessoas estão acostumadas na leitura de conteúdo, seja na tela, seja impresso. Mas se você precisa colocar um texto sobre uma imagem de background (fundo), procure sempre usar uma área que permita alto contraste, pois isso facilita a leitura, caso contrário a leitura será muito prejudicada, dificultado a compreensão.

 

7 – Cuidados no uso de publicidades.

Sabemos que alguns blogs sobrevivem de publicidade, nada mais justo, a questão é a quantidade de publicidade que no final, o visitante nem enxerga e que atrapalha a sequência da leitura, com interrupções.

O que se precisa é encontrar um ponto de equilíbrio entre a receita dos Ads e o conteúdo, que é o motivo da visita.

 

8 – Popups indesejáveis.

Em alguns caso, nem bem o visitante entra no site e já lhe pede alguma coisa: likes (curtidas) ou assinatura de Newsletter em troca de uma isca digital (ebook) etc. Sabemos o quanto são irritantes os popup, pois em alguns, até é difícil encontrar o botão (x) de fechar.

Outros só fecham quanto se completa a tarefa, o que é mais odioso, pois, obrigam o usuário a fazer o que não deseja, pois, ele chegou até ali em busca de um informação para solucionar uma dor (problema).

Então, evite ao máximo usar popups a não quando ser estritamente necessário.

 

9 – Conteúdo muito intenso.

Qual o tamanho ideal do conteúdo textual de uma página? Não existe, pois, a página que você está lendo, tem quase 1000 palavras. O que determinará o tamanho é a necessidade do conteúdo, aliado ao bom senso.

Se o conteúdo demanda um texto um pouco mais longo, como no caso de um tutorial, o tamanho pouco importa, pois, se for interessante o visitante o lerá até o final. Se o conteúdo responde a uma questão, não tem razão de ser muito extenso, nesse caso, devemos ir direto ao ponto.

Então, para termos uma ordem de grandeza o conteúdo, digamos ideal, deve ir de 300 a 1000 palavras.

 

10 – Links diferente da cor do texto.

Os três estados principais do link deve ter, pelo menos, duas cores diferente: uma para sinalizar que é um link; a outra para a passagem do mouse sobre ele. O ideal seria uma terceira cor, para link visitado, para o visitante saber que já visitou aquele link e não visitá-lo novamente.

Então, na sua folha de estilo determine os estados do link, ajude o visitante do seu site.

 

Conclusão

Seguindo essa breves orientações você conseguirá uma maior retenção dos visitantes no seu site, pois, tornará as páginas com um melhor design e, por conseguinte, uma maior usabilidade.

Você pode ter mais dicas e orientações no capítulo 6 e 7 do ebook “Crie um blog, site ou loja virtual sem programação” que pode ser lido gratuitamente na Amazon nesse link.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Guia de otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) para iniciantes

A quem se destina este guia?

Se você tem, gerencia, gera receita ou promove conteúdo on-line com a Pesquisa Google, este guia é para você. Se você é proprietário de uma empresa em crescimento, detém a propriedade de vários sites, é especialista em SEO de uma agência da Web ou é expert autodidata em SEO com uma paixão pelo funcionamento de nossa Pesquisa, o guia foi feito para você. Se você quer ter uma visão geral completa de fundamentos de SEO de acordo com as práticas recomendadas do Google, você está no lugar certo. Este guia não traz segredos para levar seu site automaticamente ao primeiro lugar da Pesquisa Google, porém, ao seguir as práticas recomendadas, você facilita o trabalho dos mecanismos de pesquisa: rastrear, indexar e entender seu conteúdo.

Em geral, o processo de otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) se dá com a realização de pequenas modificações em partes do seu site. Essas mudanças podem parecer apenas melhorias adicionais quando vistas individualmente, mas, quando combinadas com outras otimizações, o impacto em termos de experiência do usuário e de resultados da pesquisa orgânica pode ser notável. Talvez você já esteja familiarizado com muitos dos tópicos deste guia, já que eles são essenciais para qualquer página da Web, mas queremos garantir que você faça o melhor uso possível deles.

Você deve criar seu site para beneficiar os usuários, e qualquer otimização deve servir para melhorar a experiência deles. Um desses usuários é o mecanismo de pesquisa, que ajuda outros usuários a descobrir seu conteúdo. Com SEO, você ajuda esses mecanismos de pesquisa a entender e apresentar seu conteúdo. O site pode ser maior ou menor ou oferecer conteúdos diferentes do site de exemplo a seguir, mas os tópicos deste guia se aplicam a sites de todos os tipos e tamanhos. Esperamos que nosso guia ajude você a ter novas ideias para melhorar seu site.

Então vamos para os detalhes: Guia de SEO do Google

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

Fonte: Google Developers

Crie projetos de sucesso com o Pencil Wireframe – Gratuito

O que é o Pencil Wireframe?

Wireframe também é conhecido como uma página de modelo esquemático ou tela, é um guia visual que representa a estrutura do esqueleto de um website ou de qualquer projeto.

Wireframes são criados com a finalidade de organizar elementos para melhor cumprir um propósito particular. O propósito geral é informar um objetivo de negócio e uma ideia criativa. E a partir desse conceito que o Pencil Wireframe é uma excelente ferramenta que ajudará a você criar um projeto de website de sucesso, principalmente, quando existem muitas pessoas ou departamentos envolvidas no projeto, e também quando você trabalha direto com o cliente, como acontece na micro empresa, onde, o cliente deseja acompanhar o desenvolvimento para ter certeza que está tudo dentro do solicitado.

Pencil Wireframe, é uma ferramenta de código aberto (gratuíta) e que objetiva facilitar a prototipagem de interface de sistemas e páginas web. Um excelente wireframe com diversas funcionalidades, teste você vai gostar muito.

Aprenda como usar o Pencil Wireframe na vídeo-aula abaixo:

Agora que você assistiu ao vídeo, vá ao site do Pencil Wireframe e baixe a sua cópia, ele funciona nos principais sistemas operacionais: Linux, Windows e MacOS, instale também toda a biblioteca de stencils e templates isso aumentará em muito os recursos do Pencil Wireframe.

Espero que você goste do Pencil Wireframe.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.