Posts

Devo comprar listas de e-mail? Não, aprenda porque evitar.

É a questão que mantém você acordado as noites. Você está se perguntando se a compra de listas de e-mail é a melhor maneira de começar sua estratégia de marketing por e-mail.

Se você deseja fazer marketing por e-mail direito, a primeira coisa que deve fazer é evitar comprar uma lista de e-mail.

Comprar listas de e-mail traz mais problemas do que soluções e, neste artigo, abordaremos cinco motivos pelos quais você deve evitar a compra de uma lista de e-mail.

Se você quiser comprar listas de e-mail, pare aí!

Antes de fazer isso, veja estes cinco motivos para evitar a compra de listas de e-mail:

1. Listas de e-mail pagas geralmente contêm dados desatualizados

Ao tentar comprar uma lista de e-mail, você descobrirá que as informações dessas listas tendem a ser obsoletas. As empresas que vendem e-mails nem sempre são honestas, o que significa que você pode acabar gastando dinheiro com dados que têm valor zero para o seu negócio.

Essas listas de e-mail pagas geralmente têm:

  • Dados imprecisos ou incompletos (nome errado, sem nomes)
  • Endereços de e-mail datados que não são mais usados

Como resultado, você acaba com dados que não pode usar para alcançar leads qualificados para o seu negócio.

Se há algo a lembrar, é o seguinte: nenhum endereço de e-mail válido pode ser comprado de uma empresa – eles só podem ser ganhos organicamente.




 

2. Listas de e-mail pagas podem conter e-mails “ilegais”

Um dos maiores motivos para evitar a compra de uma lista de e-mail são as questões jurídicas. Muitas dessas listas de e-mail contêm e-mails “ilegais” que podem colocar sua empresa em apuros.

Como a maioria dos servidores são nos Estados Unidos lá têm uma legislação chamada CAN-SPAM Act. Esse documento evita que as empresas enviem emails indesejados em massa para as pessoas – ajuda a evitar que as pessoas recebam muito spam das empresas.

Embora esse ato não torne ilegal a compra e venda de endereços de e-mail, é ilegal enviar e-mails de spam em massa para assinantes relutantes ou continuar a enviar e-mails às pessoas depois que elas cancelam a inscrição de sua lista de e-mail.

Quando você compra listas de e-mail, acaba caindo nessa armadilha.

Ao comprar uma lista de e-mail e enviar e-mails a esses clientes em potencial, você está enviando e-mails em massa indesejados para assinantes involuntários – essas pessoas não optaram por entrar na sua lista de e-mail. Além disso, você também corre o risco de que um não assinante anterior acabe nessa lista paga.

E isso é apenas o começo.

Se você comprar a lista de e-mail de uma empresa que usa táticas duvidosas para construir suas listas de e-mail, poderá ter ainda mais problemas jurídicos. É um risco que você está disposto a correr?

3. Você parece um spammer

A compra de listas de e-mail não apenas coloca você em risco de multas, mas também coloca em risco sua reputação. Se você optar por comprar uma lista de e-mail, corre o risco de se rotular como um spammer.

As pessoas sabem quando se inscrevem em uma lista de e-mail. Se eles começarem a receber e-mails repetidamente de sua empresa e não optarem por se inscrever, pensarão que foi spam. Muitas pessoas apagam seus e-mails antes mesmo de abri-los.

Como resultado, você constrói uma reputação de spammer.

Portanto, mesmo que as pessoas descubram sua marca mais tarde, ainda terão a impressão de que você é um spammer e não vão querer clicar em nenhum anúncio ou listagem de sua empresa. Como resultado, as pessoas não confiarão em sua empresa nem se sentirão confiantes em obter produtos ou serviços de você.

 




Depois que você perde a confiança de seu público, é uma batalha longa e árdua tentar repará-lo.

4. Outras pessoas estão usando sua lista de e-mail paga

Outra coisa a ter em mente ao comprar uma lista de e-mail é que você não é o único a usá-la. As empresas que vendem listas de e-mail as estão vendendo a dezenas de outras empresas. Isso significa que vários e-mails não solicitados irão para esses assinantes.

Se esses assinantes já estão se sentindo incomodados com o fato de outras empresas enviarem ofertas não solicitadas, é ainda menos provável que eles se envolvam com seus e-mails.

Como resultado, você gastará dinheiro em uma lista de assinantes que já são bombardeados e incomodados com e-mails indesejados.

5. Você não obterá a resposta que deseja

Ainda se perguntando: “Devo comprar listas de e-mail?” Em caso afirmativo, considere que você não obterá o engajamento que deseja ao comprar uma lista de e-mail. Quando você faz marketing por email, deseja que as pessoas se envolvam com seus emails .

Com listas de e-mail pagas, a porcentagem de pessoas que se envolverão com seus e-mails é insignificante. Além disso, como as pessoas não entraram na sua lista de e-mail voluntariamente, é menos provável que tenham interesse em seus e-mails

Como resultado, você não obterá a taxa de abertura ou de engajamento que deseja com sua estratégia de marketing por e-mail.

Como você pode ter percebido comprar lista de emails não garantirá o resultado que se espera, procure construir a sua própria lista de email, colocando um formulário de inscrição no seu site, na abertura ou no interior, por exemplo, no rodapé. Você terá muito mais resultado em criar e manter um público fiel ao seu conteúdo.

Fonte: https://www.webfx.com/

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

Você quer que a Internet promova o seu site?

Para se obter resultados significativos, para o seu negócio, ideia ou produto, não basta montar um site ou loja virtual e aguardar os acessos que podem gerar negócios. Todo um planejamento estratégico deve ser levado em consideração.  Para atingir os objetivos almejados vamos algumas recomendações.

Usabilidade

Usabilidade numa regra geral, significa facilidade no uso. Quanto maior for essa facilidade em os usuários atingirem os seus objetivos e com maior a rapidez (menor número de cliques) garantirá a satisfação e negócios poderão se concluir. Os sites hoje devem ser planejados visando a maior simplicidade possível, recursos pirotécnicos, introdução animadas ou mesmo sites todo em flash, que demoram para carregar afugentam usuários, principalmente, os mobiles. Não estamos condenando, veementemente, animações em flash, como banners, por exemplo, estes tem o seu papel, mas não devem impedir uma navegação agradável. O site não são construídos para o nosso deleite e, sim, realizarmos negócios.




Otimização

Também conhecido por SEO (Search Engine Optimization) que visa otimização para mecanismos de busca.

A otimização é um conjunto de técnicas que visão estruturar as informações sobre o seu negócio (relevância), objetivando um melhor posicionamento nos buscadores. Através de palavras-chave contidas no site (título, conteúdo das páginas etc.), que devem ser específicas sobre o seu negócio e constantemente atualizadas, onde, possíveis consumidores chegarão até seus negócios. Além de pensar nas palavras-chave a codificação do site também é muito importante, pois sites em flash, se você ainda tem um, não permite aos buscadores “ler” o conteúdo das páginas, portanto, não permitirão uma boa indexação.

Publicidade

A propaganda é a alma do negócio, além de incluir em toda a sua papelaria o endereço eletrônico do seu site existe também a publicidade on-line que tanto pode ser feito através de links patrocinados nos próprios sites de busca, como por exemplo o Google Adwords, UOL etc., como em mídia sociais através de trocas de banners, neste caso, que seja vinculado em sites ou mesmo comunidades ligadas ao tipo de negócios, pois, de outra forma a propaganda poderá não surtir os resultados esperados.

Redes Sociais

A febre das redes sociais (Facebook, Myspace, Twitter etc) tornaram essas, grandes ferramentas para alavancar negócios, onde especialistas acordam que o futuro dos negócios estarão ai baseados no uso dessas plataformas, por ser um canal de comunicação direta entre a empresa e seus clientes. O entendimento desse ambiente, com o seu dinamismo, como o público-alvo reage e interage e de vital importância para o posicionamento e uso.

Email Marketing

E a propaganda através do email. Pesquisas recentes indicam um alto nível de resultado, na ordem de 62%, onde entrevistados revelaram que realizaram compras a partir de um email com promoções. Para que esta ferramenta seja bem utilizada, é necessário definir os objetivos a alcançar e a estratégia sobre como utilizar diferentes formas de campanha, neste caso é sempre bom consultar um especialista no assunto, para não desenvolver uma campanha negativa para o negócio.

Concluindo, as dicas acima te ajudarão a alavancar o seu negócio, seja ele digital ou não, mas a compreensão ampla te ajudará muito mais, sendo assim, criamos o ebook “Aprenda a criar e se relacionar com o seu público” escrito de maneira clara, simples e direta para qualquer tipo de negócio digital.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Como resistir a tentação de usar SPAM

Porque não usar listas de email comprada para divulgar serviços ou produtos?

Realmente é muito tentador, pois, compramos milhares de emails por um valor muito compensador e, mesmo que somente uma pequena parcela compre o nosso produto ou serviço, já compensaria o valor gasto.

A verdade é que esses emails na maioria das vezes foram adquiridos de maneira inadequada e sempre causam algum tipo de descontentamento no recebimento dos emails não solicitados e a maioria vai para na caixa de spam ou lixo eletrônico. Eu mesmo recebo centena desses emails todos os dias.

O termo SPAM é conhecido pela prática de enviar email para pessoas que não os pediram e são e-mails incômodos que chegam em nossas caixas postais  com a intenção de passar um link de um produto que não solicitamos ou email malicioso, pratica de phishing ou mesmo passar um Vírus. Quem nunca recebeu em suas caixas de e-mail mensagens do tipo, “Emagreça de forma Fácil”, “ganhe até R$100.000,00 por mês sem sair de casa?”, “Quer ter uma loja de cursos na internet”, “Compre diretamente da china”, sem falar de outros produtos ou serviços duvidosos. Estes são alguns exemplos.

Algumas pessoas confundem o uso de SPAM pensando que estão fazendo E-mail Marketing.

O SPAM tenta enviar um conteúdo de forma genérica para as pessoa que esteja em uma lista de mailing comprada. O processo é semelhante a panfletagem só que online e terá um retorno muito pequeno e, certamente, criará uma imagem ruim do seu produto ou serviço ou mesmo da sua empresa. Para o destinatário, SPAM é todas as mensagens de conteúdo desinteressante e não solicitada que ele ignora automaticamente, mesmo tendo caído na caixa de Entrada.

Uma boa campanha de E-mail Marketing possui conteúdo interessante para o seu público que deseja recebê-la, pois foi solicitada. Quando o E-mail Marketing é eficiente ele precisa levar ao seu público alvo ao conteúdo esperado ou serem surpreendidos com algo realmente bom ou útil para eles. Trabalhando desta forma a ferramenta será capaz de gerar um bom retorno do seu investimento além de criar re-compartilhamentos e engajamento do público alvo.

Se você pensa em E-mail marketing como uma ferramenta de relacionamento e fidelização de clientes, ponto para você, pois está no caminho certo. Cada vez mais empresas estão adotando o relacionamento com seus clientes através do e-mail. Podemos reparar em alguns casos, até mais interessantes, onde os antigos “no-reply” estão sendo substituídos por e-mail de pessoas reais que trabalham na empresa. Esta é uma forma a personificar e criar uma via de mão dupla nestas ações.

E relacionar-se não é apenas oferecer serviços. É mostrar novidades, trazer benefícios, “perguntar como eles estão”. Comunique, entenda seu público alvo, assim você terá muito mais retorno nas ações de E-mail Marketing.




Desta forma, podemos concluir que E-mail Marketing vai muito além do fato de um e-mail sair do sistema de mailing e cair na caixa de entrada ou SPAM do destinatário. E-mail Marketing é relacionamento direto e eficiente com seus clientes e seguidores.

Um bom trabalho trará sempre resultados positivos com um custo menor que a geração de SPAM.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.