Posts

8 Dicas de Marketing de Conteúdo Que Farão Seus Artigos Mais Lidos

O que é Marketing de Conteúdo.

O marketing de conteúdo é o conjunto de ações de marketing digital que visam produzir e divulgar conteúdo útil e relevante na Internet para atrair a atenção e conquistar o consumidor online.

Então, os novos consumidores são atraídos para o seu site, pois as ferramentas de busca, como o Google, varrem seu conteúdo e o exibem para seus consumidores no momento em que ele está buscando algo relacionado ao seu negócio. Se você não tiver conteúdo relevante, os consumidores não param no seu site. Se não tiver conteúdo relacionado aos que o seu consumidor busca, no processo de decisão de compra do seu produto ou serviço, ele sequer chegará no seu site.




O marketing de conteúdo envolve diversas técnicas e ações, desde a correta concepção do site, otimização do site para ferramentas de busca (SEO),  construção de um blog, e inúmeras outras, que visam tornar seu site visível para as ferramentas de buscam, como o Google, e atraente para o seu consumidor.

Para se posicionar bem nas buscas, usando Marketing de Conteúdo, você pode começar seguindo algumas dicas e implantando já cada uma das ações a seguir.

 

Defina seu nicho, de forma clara e específica

Não existe como iniciar ações de marketing de conteúdo sem ter um público específico em mente. Pense quem é o seu consumidor. Aquele que de fato precisa e dá valor ao seu produto ou serviço. O seu cliente ideal.

Esta definição você já deveria ter no planejamento do seu negócio, mas se não tem, esta é uma boa oportunidade. Defina quem é o seu cliente, o nicho do seu negócio. Pense em renda, localização, faixa etária, escolaridade, e outros parâmetros que caracterizem bem o seu consumidor.




Pense principalmente em quem é o seu nicho online. Se necessário pesquise, converse com clientes, busque na Internet grupos de discussão. Não parta de premissas erradas. Não assuma que um grupo não usa muito a Internet. Pesquise. Você irá se surpreender.

Muitos negócios tem vários nichos. Mas você não tem que abordar todos eles online. Pense naqueles consumidores que usam mais a Internet, buscam mais no Google e assim podem ser mais influenciados pelas suas ações de marketing de conteúdo.

 

Planeje o conteúdo

Para planejar este conteúdo, e defini-lo com clareza, siga os passos do planejamento de conteúdo:

  • Qual é o seu nicho: Você respondeu esta pergunta na ação anterior. Agora escreva claramente no seu planejamento.
  • O que se pretende do nicho: Você quer que eles encontrem sua empresa, e se dirijam a uma loja? Você quer que eles comprem online? Você quer que eles entrem em contato por telefone? Defina o que você pretende fazer com o consumidor quando ele finalmente entrar no seu site.
  • Como se comporta o seu nicho: Você sabe quem eles são, agora pesquise como eles se comportam. São compradores online frequentes? São proativos e colaborativos? São fieis a um marca ou site? É importante você entender o comportamento para saber o que vai apresentar em seu site no primeiro contato.
  • Que informação o seu nicho busca: Você não pode produzir conteúdo para tudo e todos. Pense que informação essencial o seu consumidor busca durante o processo de decisão de compra do seu produto ou serviço. Pense como ele. O que você faz ou faria antes de decidir comprar no seu mercado. Pesquisaria empresa, recomendações, comentários ou referências? Que informação seu consumidor busca antes de comprar?
  • Que conteúdo produzir para o seu nicho: Definida a informação que ele busca, você agora tem que definir que conteúdo vai produzir. Informação e conteúdo são coisas bem diferentes. Se você busca informação sobre restaurantes, você pode encontrar como conteúdo: descrição do restaurante, comentários de clientes, ou críticas de especialistas. Pense no conteúdo que você acredita seja mais relevante para seu consumidor, e que você possa produzir.
  • Como produzir esse conteúdo: Agora que você sabe o que tem que produzir, planeje como produzir. Não menospreze a importância desta etapa. Você tem que determinar o tempo e os recursos necessários para produzir o conteúdo. Mesmo que você deseje produzir pessoalmente o conteúdo para seu consumidor, precisará de tempo para isso. Pense como irá produzir conteúdo, toda semana, mês após mês, durante alguns anos.




Aloque recursos para o Marketing de Conteúdo

Não há mágica, você tem que alocar os recursos necessários para produção do conteúdo da sua empresa. Pense neste investimento como a divulgação do seu negócio para um público que está realmente buscando por ele na Internet.

Estes recursos podem ser um estagiário, um funcionário, ou mesmo você.  Mas garanta que sejam reservados um horário e dia da semana fixos para esta atividade.

Aloque os recursos necessários à execução do planejamento e à produção constante de conteúdo.

 

Crie seu blog

Você tem um site, mas para produzir conteúdo constante você tem que ter uma ferramenta de publicação. Você não precisa criar um site novo, ou uma conta no Blogger. Não faça isso. Crie um blog dentro do seu site. Algo como: www.seusite.com/blog.

Para produzir seu conteúdo use ferramentas práticas e gratuitas como o WordPress.  A maioria das empresas que hospedam sites tem instalações gratuitas de blogs com WordPress que podem ser facilmente incorporados ao seu site atual.



O seu blog pode aparecer no menu do seu site, e deve pertencer ao mesmo domínio (URL) dele, sendo algo como www.seusite.com.br/blog. Os artigos publicados podem ainda ser incorporados na página principal do seu site, como uma área de notícias, novidades ou informações.

 

No Marketing de Conteúdo você tem que divulgar

Divulgue constantemente seu blog, ajudando seu conteúdo a ser conhecido nas mídias sociais, em outros blogs, no Twitter, Facebook e LinkedIn.

Integre seu Blog ao Twitter, de maneira que toda vez que você colocar conteúdo, ele aparecerá para seus seguidores no Twitter. Se você utilizar o WordPress ele possui plugins com esta função.

Aproveite todas as oportunidades de divulgação. Coloque a informação na sua assinatura de email. Participe de fóruns e grupos de discussão. Leia blogs relacionados aos seu negócio e comente os artigos com a sua assinatura.

 

Conteúdo útil e relevante sempre

Tenha um conteúdo que seja relevante para a comunidade de seus clientes, sempre se preocupando em manter um conteúdo atualizado e útil para seu público.

 

Não esqueça no Marketing de Conteúdo o foco é tudo

Mantenha o foco, resistindo à tentação de misturar propaganda ao conteúdo ou criando textos sem interesse. É muito comum as empresas quererem publicar artigos sobre seus produtos. Você pode ter uma área no seu site exclusiva para isso. Use o seu conteúdo para fornecer aos seus consumidores as informações que eles tanto procuram.

Seus textos têm que atrair consumidores para o seu site. A compra dos seus produtos ou serviços será uma consequência disso.

 

Não adianta fazer um Marketing de Conteúdo e não Monitorar os resultados

Este esforço inicial dará resultados. Em pouco tempo os clientes que busca na Internet vão encontrar seu conteúdo e a contatar sua empresa.

É muito importante que seu site tenha uma página de contato para facilitar a vida dos consumidores. Se necessário o WordPress tem plugins com esta função.

Verifique periodicamente os artigos que são mais lidos, agrupe eles e determine os temas mais relevantes para seu consumidor. Invista mais neles. Se houver um pico de visitas a um artigo, investigue o motivo.

Verifique os artigos que mantém o consumidor mais tempo no seu site, e o que fazer para ele visitar as outras páginas.

Mas não se esqueça: Monitore, monitore, monitore e aprenda.

O marketing digital é feito para dar resultados. Não se esqueça nunca disso.

Fonte: Guia Prático de Marketing na Internet para Pequenas Empresas




Se você tiver dificuldade em implementar alguma das técnica, a cima,  faça contato conosco, teremos prazer em ajudá-lo(a).

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

25 caminhos para aumentar o tráfego para seu site

Pergunte a um proprietário de empresa o que ele mais gostariam para o seu negócio, provavelmente dirão “mais clientes”. O que geralmente vem depois dos clientes na lista de desejos de uma empresa? Mais tráfego para seu site. Então abaixo apresentaremos “25 caminhos para aumentar o tráfego para seu site”.

1. Anuncie

Este é tão óbvio que vamos dar uma olhada nele primeiro. Pesquisa paga, publicidade em mídia social e publicidade gráfica, são maneiras excelentes de atrair visitantes , desenvolver sua marca e exibir seu site para as pessoas. Ajuste suas estratégias pagas para atender às suas metas – você deseja apenas mais tráfego ou deseja aumentar as conversões também? Cada canal pago tem seus prós e contras, então pense cuidadosamente sobre seus objetivos.

Se você espera que mais tráfego para seu site também resulte em mais vendas, será necessário direcionar palavras-chave  como parte de suas estratégias de busca paga. Sim, a competição por esses termos de pesquisa pode ser feroz (e cara), mas as recompensas podem valer a pena.

2. Socialize-se

Não é suficiente produzir ótimo conteúdo e esperar que as pessoas o encontrem – você tem que ser proativo. Uma das melhores maneiras de aumentar o tráfego para seu site é usar canais de mídia social para promover seu conteúdo . O Twitter é ideal para links curtos e rápidos (e tentadores), enquanto a promoção do Google pode ajudar seu site a aparecer em resultados de pesquisa personalizados. Se você é uma empresa de varejo, pode encontrar grande atração em sites sociais com muitas imagens, como Pinterest e Instagram.

3. Misture tudo

Não existe uma fórmula mágica para o sucesso do marketing de conteúdo, apesar do que alguns querem que você acredite. Por esse motivo, varie a duração e o formato de seu conteúdo para torná-lo o mais atraente possível para os diferentes tipos de leitores. Intercalar postagens de blog com base em notícias mais curtas com conteúdo de formato longo , bem como vídeos, infográficos e peças baseadas em dados para o máximo impacto.

4. Escreva títulos irresistíveis

Os títulos são uma das partes mais importantes do seu conteúdo. Sem um título atraente, mesmo a postagem mais abrangente do blog não será lida . Domine a arte de escrever títulos . Por exemplo, escreva vários títulos diferentes antes de finalmente decidir por aquele que gerará mais tráfego, então pense cuidadosamente no título antes de clicar em “publicar”.




5. Preste atenção ao SEO na página

Acha que o SEO está mortoOtimizar o seu conteúdo para mecanismos de pesquisa ainda é uma prática valiosa e válida. Você está aproveitando ao máximo o texto alternativo da imagem? Você está criando links internos para um novo conteúdo? E quanto às meta descrições ? A otimização para SEO na página não precisa levar muito tempo e pode ajudar a impulsionar seu tráfego orgânico.

6. Segmentar palavras-chave de cauda longa

Você tem suas palavras-chave de alta intenção e bases de palavras -chave populares cobertas? Então é hora de segmentar palavras-chave de cauda longa também. Palavras-chave de cauda longa são responsáveis ​​pela maioria das pesquisas na web, o que significa que se você não as tiver como parte de sua busca paga ou esforços de SEO, você está perdendo posicionamento.

7. Inicie o Blog de Convidados

Antes que você diga – não, o verdadeiro guest blogging não está morto , apesar do que você pode ter ouvido. Proteger uma postagem de convidado em um site respeitável pode aumentar o tráfego do blog em seu site e ajudar a construir sua marca. Porém, esteja avisado – os padrões para guest blogging mudaram radicalmente nos últimos meses, e as táticas de spam podem resultar em penalidades severas. Vá com cuidado.

8. Convide outras pessoas para postar como visitante em seu site

O guest blogging é uma via de mão dupla. Além de postar conteúdo em outros blogs, convide pessoas de seu nicho para blogar em seu próprio site . Eles provavelmente compartilharão um link para seu artigo de convidado, o que pode trazer novos leitores ao seu site. Apenas certifique-se de postar apenas conteúdo original de alta qualidade sem links de spam, porque o Google está derrubando os blogs de convidados de baixa qualidade.

9. Vá atrás do tráfego de referência

Em vez de tentar persuadir outros sites a vincularem-se a você (um processo tedioso e demorado), crie um conteúdo que possa ser vinculado.

O tráfego de referência é importante porque os motores de buscas como o Google enxergam os backlinks como um voto de confiança no seu conteúdo. Assim, quanto mais backlinks, maior é a tendência do seu conteúdo ser melhor classificado nos resultados de pesquisas na web

Apenas certifique-se de se concentrar em obter um fluxo natural de tráfego de referência de sites confiáveis. Caso contrário, você pode incorrer em uma penalidade do Google .

10. Publicar conteúdo no LinkedIn

O LinkedIn se tornou muito mais do que um meio de encontrar outro emprego. A maior rede social profissional do mundo é agora uma plataforma de publicação valiosa por si só, o que significa que você deve postar conteúdo no LinkedIn regularmente. Isso pode aumentar o tráfego para o seu site , bem como aumentar o seu perfil dentro do seu setor – especialmente se você tiver um número moderado a grande de seguidores.

11. Implementar Microdados de Esquema

A implementação do esquema (ou outro formato de microdados) não necessariamente aumentará o tráfego para seu site por conta própria, mas tornará mais fácil para os bots de mecanismos de pesquisa localizar e indexar suas páginas . Outro benefício de usar o esquema para SEO é que ele pode resultar em melhores snippets de site ricos, o que pode melhorar as taxas de cliques.




12. Link Internamente

A força de seu perfil de link não é determinada apenas por quantos sites têm links para você – ela também pode ser afetada por sua estrutura interna de links. Ao criar e publicar conteúdo, fique atento às oportunidades de links internos. Isso não apenas ajuda com o SEO, mas também resulta em uma experiência melhor e mais útil para o usuário – a base para aumentar o tráfego em seu site.

13. Entrevista com líderes do seu segmento

Acha que as entrevistas são apenas para os grandes personalidades? Você ficaria surpreso com quantas pessoas estarão dispostas a falar com você se você simplesmente perguntar a elas. Envie e-mails solicitando uma entrevista para líderes de pensamento em seu setor e publique as entrevistas em seu blog . Não só o reconhecimento do nome aumentará sua credibilidade e aumentará o tráfego em seu site, como o entrevistado provavelmente também compartilhará o conteúdo, ampliando ainda mais seu alcance.

14. Não negligencie o marketing por e-mail

Tantas empresas estão focadas em atrair novos clientes por meio do marketing de conteúdo que esquecem os métodos mais tradicionais. O marketing por email pode ser uma ferramenta poderosa e até mesmo uma explosão de email moderadamente bem-sucedida pode resultar em um aumento significativo no tráfego. Apenas tome cuidado para não bombardear as pessoas com muitos e-mails ​​sobre cada atualização em seu negócio. Além disso, não negligencie o poder do marketing boca a boca, especialmente de pessoas que já estão gostando de seus produtos ou serviços. Um lembrete amigável por e-mail sobre um novo serviço ou produto pode ajudá-lo a aumentar seu tráfego também.

15. Certifique-se de que seu site é responsivo

Já se foram os dias em que a navegação na Internet era feita exclusivamente em PCs desktop. Hoje, mais pessoas do que nunca estão usando dispositivos móveis para acessar a web. Mesmo se você tiver um site básico, ainda precisa  garantir que ele seja acessível e possa ser visualizado confortavelmente em uma variedade de dispositivos.

16. Certifique-se de que seu site seja rápido

Já pensou esperar trinta segundos pelo carregamento de uma página da web? Eu também não. Se o seu site demorar uma eternidade para carregar, sua taxa de rejeição será muito alta. Certifique-se de que suas páginas sejam o mais tecnicamente otimizadas possível , incluindo tamanhos de arquivo de imagem, estrutura de página e a funcionalidade de plug-ins de terceiros. Quanto mais rápido o seu site carregar, será sempre melhor.

17. Promova um senso de comunidade

As pessoas querem falar o que pensam e opinar sobre assuntos pelos quais têm paixão, portanto, construir uma comunidade em seu site é uma ótima maneira de iniciar uma conversa e aumentar o tráfego para seu site. Implemente um sistema de comentários robusto por meio de soluções de terceiros, como comentários do Facebook ou Disqus, ou crie um fórum dedicado onde os visitantes podem fazer perguntas. Não se esqueça de gerenciar sua comunidade para garantir que os padrões mínimos de educação sejam atendidos.

18. Faça-se ouvir nas seções de comentários

Você provavelmente visita pelo menos alguns sites relevantes para o seu negócio regularmente, então por que não entrar na conversa? Os comentários não fornecem necessariamente um impulso imediato para o tráfego de referência, mas tornar-se conhecido ao fornecer comentários perspicazes e instigantes em blogs e sites do setor é uma ótima maneira de divulgar seu nome e seu projeto, o que pode resultar subsequentemente em direcionar mais tráfego para seu próprio site.

Lembre-se de que, assim como acontece com as postagens de convidados, a qualidade e a relevância são fundamentais, você deve se envolver com outras pessoas em seu nicho, não deixando links em sites não relacionados.




19. Examine seus dados analíticos

O Google Analytics é uma fonte inestimável de dados sobre quase todos os aspectos ​​do seu site, desde as páginas mais populares até os dados demográficos dos visitantes. Fique de olho em seus dados do Analytics e use essas informações para informar suas estratégias promocionais e de conteúdo. Preste atenção em quais postagens e páginas estão provando ser as mais populares. Inspecione os dados do visitante para ver como, onde e quando o tráfego do seu site está vindo.

20. Seja ativo nas redes sociais

Não é suficiente apenas compartilhar conteúdo por meio de canais sociais – você também precisa participar ativamente da comunidade. Tem uma conta no Twitter? Em seguida, participe de discussões em grupo com hashtags relevantes. O seu público está deixando comentários nas suas postagens no Facebook ? Responda a perguntas e se envolva com seus leitores. Nada desanima as mais pessoas do que usar a mídia social como um canal de transmissão. Use a mídia social e realmente interaja com seus fãs.

21. Envie seu conteúdo para sites agregadores

Em primeiro lugar, um aviso – não use spam no Reddit. Membros de comunidades como o Reddit são extraordinariamente experientes em spam disfarçado de links legítimos, mas de vez em quando, não faz mal enviar links que esse público achará genuinamente útil. Escolha um tema relevante, envie seu conteúdo e observe o tráfego fluir.

22. Incorpore um vídeo em sua estratégia de conteúdo

O conteúdo baseado em texto é muito bom, mas o vídeo pode ser um recurso valioso para atrair novos visitantes e tornar seu site mais envolvente. Os dados mostram que a retenção de informações é significativamente maior para o material visual do que para o texto, o que significa que o marketing de vídeo é uma excelente maneira de atrair, e prender a atenção do seu público e aumentar o tráfego para o seu site ao mesmo tempo.

23. Pesquise a competição

Se você não usou um software como o BuzzSumo para verificar o que seus concorrentes estão fazendo, você está em uma grande desvantagem. Esses serviços agregam o desempenho social de sites e conteúdo específicos para fornecer a você uma visão rápida de quais tópicos estão ressoando com os leitores e, o mais importante, circulando nas mídias sociais. Descubra o que as pessoas estão lendo (e falando) e emule esse tipo de conteúdo para trazer tráfego para o seu site.

24. Organizar Webinars

As pessoas adoram aprender, e os webinars são uma excelente maneira de transmitir sua sabedoria ao público que o espera ansiosamente. Combinado com uma campanha de promoção social eficaz, os webinars são uma ótima maneira de aumentar o tráfego para o seu site. Envie um e-mail uma semana ou mais antes do tempo, bem como um lembrete da “última chance de registrar-se” um dia antes do webinar. Certifique-se de arquivar a apresentação para visualização posterior e promova seus webinars amplamente nas redes sociais.

25. Participar de conferências

Qualquer que seja o setor em que você atue, é provável que haja pelo menos uma ou duas convenções e conferências importantes que sejam relevantes para o seu negócio. Assistir a esses eventos é uma boa ideia e falar neles é ainda melhor. Mesmo um compromisso de palestra decente é uma excelente maneira de se estabelecer como um líder inovador em seu setor e obter exposição significativa para seu site.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

13 Características necessárias para um site de negócios de sucesso

Um site de negócios deve ter um texto persuasivo que permita aos visitantes realizar a ação desejada. Antes de começar a fazer seu site ou planejar contratar um designer, aprenda sobre as características necessárias que um site de negócios deve ter:

Uma página de contato de fácil acesso

Você não pode responder a todas as perguntas possíveis de seus clientes no site, portanto, seu site deve ter uma página de contato de fácil acesso.

Links para as mídia social

Na atualidade, as redes sociais são muito importantes e as pessoas preferem ter uma conversa lá, portanto, links de mídias sociais como Facebook, Instagram, Twitter, etc. devem ser adicionados no seu site.

Página sobre nós

Um site bem dimensionado tem que ter necessariamente uma página detalhada sobre nós que permite aos visitantes saber sobre a empresa. Isso ajuda a construir confiança no negócio da empresa.

Depoimentos de clientes

Os depoimentos de clientes são a prova de que você satisfaz às pessoas com seus serviços ou produtos. Eles ajudam a construir a confiança do usuário em você e suas propostas, nunca deixe de pedir um depoimento para o seu negócio.




Frase de atração

É uma característica muito importante. Sua chamada para ação deve ser clara e direcionada para a ação que você deseja que seu visitante execute, no seu site, um simples “clique aqui e saiba mais” depois de uma proposta é muito importante para o seu negócio crescer.

Caixa de assinatura de e-mail

Você pode aumentar seus leads pedindo às pessoas que assinem o boletim informativo por e-mail. Enviar por e-mail é uma forma muito eficaz de transmitir novas ofertas e descontos e atrair usuários.

Fotos de sua equipe

Fotos reais de sua equipe dão a garantia ao visitante de que este é um serviço autêntico. Eles também ajudam a construir uma conexão entre você e o usuário.

Conteúdo sem erros

Encontrar erros no conteúdo desmotiva o visitante a ler e verificar mais o site. Sua empresa parecerá pouco profissional e barata por causa disso.

Horários de funcionamento

Se você é um serviço que funciona em horários específicos em um dia, deve adicionar essas horas de forma clara em seu site. Torne-os fáceis de encontrar e lembrar.

Links curto e simples

Endereços da web longos e complexos são pouco atraentes e difíceis de lembrar. Os visitantes evitam ir ao site com endereços da web longos. Use siglas em vez de palavras completas, por exemplo.




Hospedagem do site de boa qualidade

Se você usar hospedagem barata, seu site carregará bem mais devagar. O melhor tempo de carregamento para um site é de 3 a 5 segundos; qualquer coisa mais longa do que isso fará com que você perca visitantes. E lembre-se o seu concorrente estará sempre a um link de distância.

Um Sitemap

Esta é uma característica muito importante de um site de negócios. Seus visitantes e mecanismos de pesquisa podem encontrar facilmente qualquer página que desejam com a ajuda do mapa do site.

Processo de pedido simples

Seja para um serviço ou um produto, seu processo de pedido não deve ser complicado e demorado. Tente torná-lo o mais simples possível.

Certifique-se sempre de que sua mensagem do seu site, seja clara e que esteja proporcionando facilidade aos visitantes. Fique conectado com seus visitantes, ouça suas dúvidas e responda o mais rápido que puder. Escreva conteúdo atraente, mas não use linguagem complexa que seus usuários não sejam capazes de entender.
Espero que tenha gostado desse artigo.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

O que fazer para melhor divulgar o meu site, blog ou e-commerce?

Divulgar o seu conteúdo é o mais importante se você quer aparecer e crescer. Então vamos te mostrar algumas estratégias de marketing de conteúdo úteis para você e o seu conteúdo. Fica com a gente!

Escrever conteúdo para um blog ou site é trabalhoso. Como receber visitantes? O que fazer?

As estratégias básicas para divulgar um blog:

  • Publicar o seu conteúdo em fóruns do seu segmento;
  • Inserir links dos seus conteúdos em outros blogs;
  • Ter perfil em redes como: Facebook, Instagram, Linkedin, Twitter, para compartilhar suas postagens;
  • Seu blog ou site tem que ser responsivo, necessariamente, isso é uma exigência primordial do Google para um bom posicionamento;

O que escrevemos acima é o básico que precisa estar na sua mente quando for criar e manter o seu conteúdo. Vamos a mais algumas dicas:

Publique sempre novos artigos

Uma boa maneira de começar a aumentar a visibilidade e o tráfego em seu blog, é a publicação de artigos com regularidade, quanto mais melhor, que faz a diferença, mas lembre-se que deve ser sempre de qualidade. Isso é importante por que quanto mais conteúdo, maiores a sua chance de visitantes chegar ao seu site ou blog.

Conteúdo maiores é sempre melhor

Estudos revelam que os mecanismos de buscas dão preferência para artigos maiores, superiores a quinhentas palavras, mas lembre-se quanto maior, melhor.

Um outro estudo, da serplQ, analisou os principais resultados com mais de 10 mil palavras-chave, chegando a conclusão de que o Google classifica melhor os conteúdos maiores.

O compartilhamento do seu conteúdo rico, amplia o seu alcance e aumenta o seu tráfego. Não subestime este fato, pois, o conteúdo rico pode ajudar como divulgar um blog ou site.




SEO

Esteja atento para as estratégias de SEO elas são responsáveis por colocar o seu blog nos melhores resultados do Google. Para isso você precisa que seu conteúdo esteja bem otimizado.

Os mecanismos de buscas são a principal fonte de geração tráfego para os maiores blogs.

Para isso você pode aprender a utilizar ferramentas de palavras-chaves do Google e descobrir como as pessoas estão fazendo pesquisa e otimizar seu conteúdo para elas.

Utilize o e-mail marketing de forma correta

As ferramentas de e-mail marketing dão muito resultado e são apontadas como a ação de marketing com maior ROI. Uma pesquisa mostrou que para cada dólar gasto em e-mail marketing você vai ganhar 40 dólares de volta.

O e-mail marketing traz grandes resultados na divulgação de seu blog ou site, contribuindo para as pessoas voltarem a acessá-lo mais vezes e até mesmo aumentar as chances delas compartilharem seu conteúdo.

E para que você tenha para quem enviar seus materiais, você precisa aprender como criar uma lista de e-mail, nunca compre lista de email, pois isso prejudicará muito o seu projeto fazendo que o seu blog ou site apareçam como spammer.




Vamos começar?

Agora é hora de colocar a mão na massa e colocar em prática as dicas que você aprendeu, mas lembre-se que não esgotamos aqui o assunto, clique nos link que sugerimos nesse conteúdo para você saber mais o que precisa fazer.

Esperamos ter ajudado.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Devo comprar listas de e-mail? Não, aprenda porque evitar.

É a questão que mantém você acordado as noites. Você está se perguntando se a compra de listas de e-mail é a melhor maneira de começar sua estratégia de marketing por e-mail.

Se você deseja fazer marketing por e-mail direito, a primeira coisa que deve fazer é evitar comprar uma lista de e-mail.

Comprar listas de e-mail traz mais problemas do que soluções e, neste artigo, abordaremos cinco motivos pelos quais você deve evitar a compra de uma lista de e-mail.

Se você quiser comprar listas de e-mail, pare aí!

Antes de fazer isso, veja estes cinco motivos para evitar a compra de listas de e-mail:

1. Listas de e-mail pagas geralmente contêm dados desatualizados

Ao tentar comprar uma lista de e-mail, você descobrirá que as informações dessas listas tendem a ser obsoletas. As empresas que vendem e-mails nem sempre são honestas, o que significa que você pode acabar gastando dinheiro com dados que têm valor zero para o seu negócio.

Essas listas de e-mail pagas geralmente têm:

  • Dados imprecisos ou incompletos (nome errado, sem nomes)
  • Endereços de e-mail datados que não são mais usados

Como resultado, você acaba com dados que não pode usar para alcançar leads qualificados para o seu negócio.

Se há algo a lembrar, é o seguinte: nenhum endereço de e-mail válido pode ser comprado de uma empresa – eles só podem ser ganhos organicamente.




 

2. Listas de e-mail pagas podem conter e-mails “ilegais”

Um dos maiores motivos para evitar a compra de uma lista de e-mail são as questões jurídicas. Muitas dessas listas de e-mail contêm e-mails “ilegais” que podem colocar sua empresa em apuros.

Como a maioria dos servidores são nos Estados Unidos lá têm uma legislação chamada CAN-SPAM Act. Esse documento evita que as empresas enviem emails indesejados em massa para as pessoas – ajuda a evitar que as pessoas recebam muito spam das empresas.

Embora esse ato não torne ilegal a compra e venda de endereços de e-mail, é ilegal enviar e-mails de spam em massa para assinantes relutantes ou continuar a enviar e-mails às pessoas depois que elas cancelam a inscrição de sua lista de e-mail.

Quando você compra listas de e-mail, acaba caindo nessa armadilha.

Ao comprar uma lista de e-mail e enviar e-mails a esses clientes em potencial, você está enviando e-mails em massa indesejados para assinantes involuntários – essas pessoas não optaram por entrar na sua lista de e-mail. Além disso, você também corre o risco de que um não assinante anterior acabe nessa lista paga.

E isso é apenas o começo.

Se você comprar a lista de e-mail de uma empresa que usa táticas duvidosas para construir suas listas de e-mail, poderá ter ainda mais problemas jurídicos. É um risco que você está disposto a correr?

3. Você parece um spammer

A compra de listas de e-mail não apenas coloca você em risco de multas, mas também coloca em risco sua reputação. Se você optar por comprar uma lista de e-mail, corre o risco de se rotular como um spammer.

As pessoas sabem quando se inscrevem em uma lista de e-mail. Se eles começarem a receber e-mails repetidamente de sua empresa e não optarem por se inscrever, pensarão que foi spam. Muitas pessoas apagam seus e-mails antes mesmo de abri-los.

Como resultado, você constrói uma reputação de spammer.

Portanto, mesmo que as pessoas descubram sua marca mais tarde, ainda terão a impressão de que você é um spammer e não vão querer clicar em nenhum anúncio ou listagem de sua empresa. Como resultado, as pessoas não confiarão em sua empresa nem se sentirão confiantes em obter produtos ou serviços de você.

 




Depois que você perde a confiança de seu público, é uma batalha longa e árdua tentar repará-lo.

4. Outras pessoas estão usando sua lista de e-mail paga

Outra coisa a ter em mente ao comprar uma lista de e-mail é que você não é o único a usá-la. As empresas que vendem listas de e-mail as estão vendendo a dezenas de outras empresas. Isso significa que vários e-mails não solicitados irão para esses assinantes.

Se esses assinantes já estão se sentindo incomodados com o fato de outras empresas enviarem ofertas não solicitadas, é ainda menos provável que eles se envolvam com seus e-mails.

Como resultado, você gastará dinheiro em uma lista de assinantes que já são bombardeados e incomodados com e-mails indesejados.

5. Você não obterá a resposta que deseja

Ainda se perguntando: “Devo comprar listas de e-mail?” Em caso afirmativo, considere que você não obterá o engajamento que deseja ao comprar uma lista de e-mail. Quando você faz marketing por email, deseja que as pessoas se envolvam com seus emails .

Com listas de e-mail pagas, a porcentagem de pessoas que se envolverão com seus e-mails é insignificante. Além disso, como as pessoas não entraram na sua lista de e-mail voluntariamente, é menos provável que tenham interesse em seus e-mails

Como resultado, você não obterá a taxa de abertura ou de engajamento que deseja com sua estratégia de marketing por e-mail.

Como você pode ter percebido comprar lista de emails não garantirá o resultado que se espera, procure construir a sua própria lista de email, colocando um formulário de inscrição no seu site, na abertura ou no interior, por exemplo, no rodapé. Você terá muito mais resultado em criar e manter um público fiel ao seu conteúdo.

Fonte: https://www.webfx.com/

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

Como criar conteúdo de qualidade para o Google

Torne o conteúdo relevante, abrangente e legível

Forneça conteúdo de alta qualidade em suas páginas, especialmente em sua página inicial. Esta é a coisa mais importante a fazer. Se as suas páginas contiverem informações úteis, o conteúdo atrairá muitos visitantes e motivará os webmasters a criar um link para o seu site. Ao criar um site útil e rico em informações, escreva páginas que descrevam de forma clara e precisa o seu tópico. Pense nas palavras que os usuários digitariam para encontrar suas páginas e inclua essas palavras em seu site.

Escreva conteúdo rico e profissional

Se você deseja que seu conteúdo seja bem classificado, ele precisa ser escrito em um nível profissional. Domine os tópicos sobre os quais está escrevendo e forneça o máximo de insights e informações úteis possíveis. Você não pode esperar que seus leitores ou o Google o considerem um especialista ou uma autoridade em seu setor se seu conteúdo for escrito em nível amador.




Escreva para leitores humanos primeiro

Não se preocupe tanto com palavras-chave, mas concentre-se em como tornar seu conteúdo legível e agradável. Se o conteúdo que você está escrevendo for relevante para um termo de pesquisa específico, deve incluir naturalmente palavras-chave relacionadas a esse assunto.

Portanto, esqueça-se de encher seu conteúdo com palavras-chave irrelevantes em uma tentativa de se classificar melhor no mecanismo de busca do Google. Isso não só prejudicará sua reputação, pois os visitantes sairão no momento em que perceberem que você não está fornecendo nenhuma das informações prometidas ou buscadas, mas também suas classificações, já que o Google agora é inteligente o suficiente para detectar o excesso de palavras-chave com facilidade.

Foco na experiência do usuário

Uma boa experiência do usuário (UX) é uma ótima maneira de transformar mais visitantes do seu site em clientes, mas também pode ajudar a aumentar sua classificação no Google.

Pense nisso: se seu conteúdo for bem estruturado e você estiver facilitando a leitura das pessoas, elas passarão mais tempo em seu site, visitando outras páginas também. Mais tempo no site informa ao Google que seus visitantes estão gostando de seu conteúdo e que o acharam interessante, o que significa que outras pessoas também deveriam descobri-lo.

Apenas certifique-se de focar não apenas na experiência do usuário de desktop, mas também no smartfones e tablets, pois isso está se tornando extremamente importante. Com o Google dando mais prioridade aos sites compatíveis com dispositivos móveis nos resultados de pesquisa para dispositivos móveis, você precisa garantir que seu site seja otimizado para esses dispositivos para que as pessoas possam acessar facilmente as informações em seu site sem problemas de compatibilidade na apresentação do conteúdo.

Crie conteúdo que as pessoas naturalmente queiram ler e compartilhar

De acordo com o estudo da Searchmetrics, backlinks com palavras-chave no texto âncora diminuíram significativamente. Este é o resultado da tentativa do Google de impedir a construção de links não natural. Portanto, para construir links valiosos e aumentar suas classificações, concentre-se em criar um ótimo conteúdo que as pessoas naturalmente queiram ler e compartilhar.

Lembre-se de que esses pontos não se aplicam apenas a postagens de blog, mas ao seu site como um todo. Se você tem um site informativo, deve criar conteúdo que mostre experiência e construa autoridade. Se você tem um site de negócios, adicione conteúdo perene que diga ao seu público do que se trata o seu negócio. E se você tiver um site de comércio eletrônico, certifique-se de que as descrições de seus produtos sejam exclusivas e não copiadas de outro lugar.

Finalizando

Não se preocupe tanto com palavras-chave, contagem de palavras ou número de links externos, mas concentre-se em seu público e em como você pode criar conteúdo que eles considerem útil e interessante. Resultado – concentre-se em agradar seu público, e não no Google ou em seus algoritmos.

Em seus “ Passos para um site amigável ao Google ”, o Google explica recursos adicionais de conteúdo de qualidade.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Você quer que a Internet promova o seu site?

Para se obter resultados significativos, para o seu negócio, ideia ou produto, não basta montar um site ou loja virtual e aguardar os acessos que podem gerar negócios. Todo um planejamento estratégico deve ser levado em consideração.  Para atingir os objetivos almejados vamos algumas recomendações.

Usabilidade

Usabilidade numa regra geral, significa facilidade no uso. Quanto maior for essa facilidade em os usuários atingirem os seus objetivos e com maior a rapidez (menor número de cliques) garantirá a satisfação e negócios poderão se concluir. Os sites hoje devem ser planejados visando a maior simplicidade possível, recursos pirotécnicos, introdução animadas ou mesmo sites todo em flash, que demoram para carregar afugentam usuários, principalmente, os mobiles. Não estamos condenando, veementemente, animações em flash, como banners, por exemplo, estes tem o seu papel, mas não devem impedir uma navegação agradável. O site não são construídos para o nosso deleite e, sim, realizarmos negócios.




Otimização

Também conhecido por SEO (Search Engine Optimization) que visa otimização para mecanismos de busca.

A otimização é um conjunto de técnicas que visão estruturar as informações sobre o seu negócio (relevância), objetivando um melhor posicionamento nos buscadores. Através de palavras-chave contidas no site (título, conteúdo das páginas etc.), que devem ser específicas sobre o seu negócio e constantemente atualizadas, onde, possíveis consumidores chegarão até seus negócios. Além de pensar nas palavras-chave a codificação do site também é muito importante, pois sites em flash, se você ainda tem um, não permite aos buscadores “ler” o conteúdo das páginas, portanto, não permitirão uma boa indexação.

Publicidade

A propaganda é a alma do negócio, além de incluir em toda a sua papelaria o endereço eletrônico do seu site existe também a publicidade on-line que tanto pode ser feito através de links patrocinados nos próprios sites de busca, como por exemplo o Google Adwords, UOL etc., como em mídia sociais através de trocas de banners, neste caso, que seja vinculado em sites ou mesmo comunidades ligadas ao tipo de negócios, pois, de outra forma a propaganda poderá não surtir os resultados esperados.

Redes Sociais

A febre das redes sociais (Facebook, Myspace, Twitter etc) tornaram essas, grandes ferramentas para alavancar negócios, onde especialistas acordam que o futuro dos negócios estarão ai baseados no uso dessas plataformas, por ser um canal de comunicação direta entre a empresa e seus clientes. O entendimento desse ambiente, com o seu dinamismo, como o público-alvo reage e interage e de vital importância para o posicionamento e uso.

Email Marketing

E a propaganda através do email. Pesquisas recentes indicam um alto nível de resultado, na ordem de 62%, onde entrevistados revelaram que realizaram compras a partir de um email com promoções. Para que esta ferramenta seja bem utilizada, é necessário definir os objetivos a alcançar e a estratégia sobre como utilizar diferentes formas de campanha, neste caso é sempre bom consultar um especialista no assunto, para não desenvolver uma campanha negativa para o negócio.

Concluindo, as dicas acima te ajudarão a alavancar o seu negócio, seja ele digital ou não, mas a compreensão ampla te ajudará muito mais, sendo assim, criamos o ebook “Aprenda a criar e se relacionar com o seu público” escrito de maneira clara, simples e direta para qualquer tipo de negócio digital.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Marketing na Internet para Pequenas Empresas

O ebook abaixo é um guia prático de marketing de leitura rápida e aplicação imediata a qualquer ramo de atividade, foi criado para que você possa ler, fazer e obter bons resultados usando a Internet para o marketing do seu negócio.

Pensado principalmente nos milhões de pequenos empresários e profissionais liberais espalhados pelo mundo, que poderiam estar melhorando os seus negócios, aumentando sua renda, e atendendo melhor seus clientes através da Internet, se conhecessem e aplicassem as Sete Estratégias do Marketing Digital propostas no ebook.

Mais do que usar a Internet, os consumidores assumiram o comando dela. As mídias sociais, com seus blogs, redes sociais, sites colaborativos e de jogos, transformaram decisivamente a relação dos consumidores com as empresas, marcas e produtos.




 

Este ebook foi criado como um conjunto de dicas de marketing, que não consumem muito tempo na leitura, mas que podem ajudar sua empresa a começar a atuar na Internet, e a desenvolver as bases necessárias para o marketing digital.

Embora este ebook seja focado nas pequenas empresas, a maioria das dicas apresentadas aqui são aplicáveis aos profissionais liberais, como os médicos, dentistas, advogados e arquitetos no seu marketing.

Baixar o ebook grátis: marketing na internet

 

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

 

 

Como sei se um nome está disponível para registro nas redes?

A coisa mais difícil hoje em dia é escolher bons “nomes” para um branding (marca) disponível para uso. Antes de criar um domínio para um site, precisamos verificar em todas as redes sociais a sua disponibilidade, pois de outra forma não conseguiremos um nome forte, que possamos criar e manter ao longo do tempo, construindo uma marca sólida.

Não seria muito bom se existisse uma ferramenta que pudesse auxiliar essa questão, reunida em um só lugar com o máximo possível de informações, de preferência visual, numa tomada só? Vou te contar uma coisa: essa ferramenta existe e é o NAMECHK.

Use o NAMECHK para ver se o seu nome de usuário ou URL personalizado ainda está disponível em dezenas de sites populares de redes sociais e marcadores sociais. Desta forma é possível promover a sua marca de forma consistente, registrando um nome de usuário que ainda está disponível na maioria dos sites mais populares.

Proteger sua marca é importante. Fornece consistência aos seus usuários e permite que sua empresa seja vista e reconhecida em mais lugares.




Nós sabemos como é importante promover uma marca de forma consistente e, com essa ferramenta, podemos escolher um nome de usuário que ainda está disponível. Infelizmente essa ferramenta não pesquisa nomes de domínios no Brasil, tipo o .COM.BR para registro, mas permite que saibamos se o nome escolhido pode ser registrado, por exemplo no Twitter, Facebook, Instagram etc, ai fica muito mais fácil.

Além do exposto acima no site NAMECHK, existem outros recursos como o Gerador de nomes: Name Generators para negócios, redes sociais e muito mais…

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.