Posts

10 Dicas Para Um Site De Sucesso

Negócio na Web

Para se obter resul­ta­dos sig­ni­fi­ca­ti­vos, nos negócio na web, não basta mon­tar um site, blog ou e-commerce e aguar­dar os aces­sos que poderão gerar negó­cios. Todo pla­ne­ja­mento estra­té­gico deve ser levado em con­si­de­ra­ção para atin­gir os obje­ti­vos alme­ja­dos, vamos fazer algumas recomendações.




 

Qual o seu público?

É claro que há casos distintos de como criar um site. A primeira pergunta a ser feita é: quem vai acessar esse site? Tomando como base essa resposta, você pode, sim, arriscar-se numa página inicial mais inovadora e fora dos padrões, mas se o site não for voltado para um público bem específico, a melhor saída é sempre priorizar a funcionalidade e a objetividade. E em tempos de uma rede cada vez mais sortida, fica mais difícil definir quem
de fato vai acessar seu site. Portanto, fique atento àquilo que pode representar uma dificuldade desnecessária ao visitante.

Menos é Mais

Essa máxima há muito tempo usada pelo design que também é válida para a Web. Ao planejar o seu site de negócio na web, pense de forma simples. Sites cheios de elementos em movimento só servem para distrair a atenção do seu visitante levando a perda de foco, quando não o irritam. Considere no que realmente o levou ao seu conteúdo. Sendo assim, não o distraia vá direto ao ponto. Lembre-se sempre: o seu concorrente está a um clique de distância.




 

Usa­bi­li­dade

Usa­bi­li­dade sig­ni­fica, basicamente, faci­li­dade no uso, no nosso caso, na navegação do seu site. Planeje seu site de tal forma que toda e qualquer informação deve ficar a dois ou no máximo três cliques da página inicial do seu site. A ideia é facilitar ao máximo o acesso do internauta às informações que ele busca, aumentando o seu grau de satisfação.

Cuidado com menus que se desdobram demais. Há casos que se torna quase um desafio conseguir clicar em uma subseção desses menus. Caso esse desdobrar seja de fato necessário, tente fazer com que todas as subseções venham logo em seguida aos botões.

Logotipo a esquerda

Esse já é um padrão na Internet e que vale a pena ser levado em conta. Sempre que possível, use o logotipo no canto esquerdo superior do site. Esse local facilita a visão do logotipo, além de ser um dos principais pontos de atenção que as pessoas têm ao acessar um site, servindo também como link para a página principal.

Contato sempre a vista

Muita gente se esquece de uma das utilidades mais básicas de um site: gerar contato do visitante com a pessoa proprietária do site. Mas como esse contato acontecerá sem que a pessoa que visita o site tenha acesso fácil a informações como e-mail de contato, telefone e endereço? Por isso, não pense duas vezes e deixe bem visível essas informações de contato a vista.

Ainda, como o contato é tão importante, incentive esse processo incluindo um formulário de contato prático e simples e bem visível no site, isso será muito positivo.

Mapa do site

Se há muito conteúdo no site e a quantidade de seções acabou ficando maior do que deveria ser não hesite em colocar um link para um mapa do site. Coisa simples e direta, para o entendimento imediato de como estão dispostas as informações no site.

Responsividade

Não existe mais justificativa para o seu site não ser responsivo, ou seja, visualizado em todo e qualquer dispositivo, seja desktop, notebook, tablet, smartphone ou mesmo celulares são os principais meios de acesso a internet no mundo e o Brasil não fica atrás. As últimas estatísticas mostram que além das vendas de desktop terem caído muito, em relação a equipamentos menores, e, que o acesso a partir das residências, através de smatphones e celulares, no Brasil, já ultrapassam os acessos através de desktop.

Quando estiver criando o seu site não deixe de considerar esse fato. Caso não leve isso em consideração perderá uma audiência significativa da web.

Posts (artigos) relacionados

Esse é um recurso hoje muito importante para manter o visitante no seu site, os posts relacionados, leva-o de um artigo a outro. Outra questão muito importante é que os links internos aumentam a relevância do seu conteúdo nos mecanismos de busca.

Oti­mi­za­ção (código e seo)

As buscas já estão integradas totalmente em nossa sociedade, isso é um fato. A popularização da internet e os avanços tecnológicos potencializaram um comportamento característico do ser humano, que é o comportamento de busca.

Conhe­cido como SEO (Search Engine Opti­mi­za­tion) que visa oti­mi­za­ção para meca­nis­mos de busca é um con­junto de téc­ni­cas que visão estru­tu­rar as infor­ma­ções sobre o seu negó­cio (rele­vân­cia), obje­ti­vando um melhor posi­ci­o­na­mento nos bus­ca­do­res. Atra­vés de palavras-chave con­ti­das no site (título, con­teúdo das pági­nas etc), que devem ser espe­cí­fi­cas sobre o seu negó­cio web e cons­tan­te­mente atu­a­li­za­das é que pos­sí­veis con­su­mi­do­res che­ga­rão até seu negó­cio.

Ainda considerando, é uma das formas de melhorar o posicionamento a médio e longo prazo do site do seu negócio em buscadores como Google, Yahoo e Bing sem ter que pagar os links patrocinados, de forma vitalícia.

Publi­ci­dade (divulgação)

A pro­pa­ganda é a alma do negó­cio, além de incluir em toda a sua pape­la­ria o ende­reço ele­trô­nico do seu site existe tam­bém a publi­ci­dade on-line que tanto pode ser feito atra­vés de links patro­ci­na­dos nos pró­prios sites de busca, como por exem­plo o Goo­gle Adwords, Facebook Ads etc., como em mídia soci­ais atra­vés de tro­cas de ban­ners, neste caso, que seja vin­cu­lado em sites ou mesmo comu­ni­da­des liga­das ao tipo de negó­cio web, pois, de outra forma a pro­pa­ganda poderá não sur­tir os resul­ta­dos esperados.

Concluindo

De nada adianta criar estratégias para o seu negócio web se não mensurar o que dá resultado e o que não dá resultados, use as ferramentas online para isso tipo Google Analytics. É muito importante para o nosso negócio web, sabermos para onde estamos indo, e, por conseguinte, mudarmos de rumo quando for necessário.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

Como melhorar seu negócio na busca orgânica

Desde os primórdios da internet a segmentação da informação é o calcanhar de Aquiles. Além da informação pulverizada, a confiança em fontes seguras traduz essa questão.

Em meados da década de 90 surge a preocupação dos webmasters em classificar o conteúdo dos sites que estavam em desenvolvimento devido o surgimento de motores de busca que iniciavam a indexação das páginas de internet. A guisa de curiosidade o Google apareceu no final dessa década.

Atualmente as técnicas desta classificação do conteúdo de um site em motores de busca é uma pratica de mercado muito comum para que uma empresa seja facilmente encontrada através do Google, por exemplo. Estes conjuntos de técnicas chama-se: SEO (do inglês Search Engine Optimization) ou otimização nos motores de busca.

E Quais São Os Principais Motores de Busca?

Podemos classificar o Google, Yahoo e MSN (Bing) como os principais “motores de busca” da web.

Como Funciona?

O funcionamento deles é muito parecido. Eles classificam o site visitado sempre com 1 voto quando este é acessado a partir de um navegador. Assim, o site que obtiver mais acessos (o mais votado) aparece melhor classificado que o outro. Esta é uma explicação simplista do conceito. As regras são complexas e posso dizer que esta classificação vai desde a procura pelas palavras de relevância que classificam uma pagina até métricas mais complexas, como por exemplo, o tempo em que uma página demora para ser visualizada em seu navegador. Segundo informações que circulam são mais de 200 métricas para a classificação de um site.

O Que Fazer Para Se Posicionar Bem?

Exemplificando, imaginem que você é dono de uma pousada que oferece serviço de qualidade e gostaria de ser conhecido pela gastronomia em frutos do mar (lulas recheadas, polvo com arroz, pastel de camarão, mexilhão etc.) na cidade de Angra dos Reis no Rio de Janeiro, o que fazer?

PASSO 1: Identificar as palavras relevantes do seu negócio. Ex.: frutos do mar, polvo com arroz, pastel de camarão, camarão empanado, angra dos reis, ilhas.

PASSO 2: Realizar a criação de conteúdo periodicamente que remeta a essas palavras-chaves relevantes para o seu negócio.

PASSO 3: Divulgar o conteúdo, logo após de escrito, em redes sociais, como por exemplo, Facebook em um fanpage.

PASSO 4: Continuar escrevendo sobre seu negócio e monitorar os acessos ao seu site, através do Google Analytics, identificando os acessos e os seus detalhes.




Apesar de parecer simples, essa estratégia ajuda muito como posicionar o seu produto/serviço na busca orgânica. É um trabalho muito interessante e gratificante que rende lucro e sustentação para os negócios

Por Quê é Importante a Busca Orgânica?

Qualificar o tráfego do seu site gera melhor qualidade nas vendas, permitindo a você fechar mais negócios. A otimização para sistemas de busca pode ser muito eficiente quando usada como parte de uma estratégia de Marketing.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

3 maneiras de pensar no SEO do seu site, segundo o Google

Então, como o Google faz isso.

No Google a equipe passa muito tempo também pensando sobre otimização de buscas (search engine optimization, ou SEO). E não é para menos, já que esse é o coração de qualquer site.

É claro, há várias outras formas de estimular tráfego para um site. Mídia paga, posts em redes sociais e anúncios em display são apenas alguns deles. Mas quando o SEO é bem feito, ele pode ser uma estratégia importante – e com bom custo-benefício – para o crescimento orgânico. Para se ter uma ideia, pesquisas feitas pela empresa de analytics Parse.ly mostram que cerca de metade dos direcionamentos externos para plataformas de conteúdo neste ano ocorreram via Google Search. No caso da MDesign são mais de 90% os direcionamentos feitos pela busca orgânica do Google para o site.




Para melhor explorar o SEO ao máximo, no entanto, você precisa ficar por dentro de todas as atualizações do Google Search. E internamente no próprio Google também é assim. O Google é dono de 7 mil sites gerenciado por centenas de equipes de marketing ao redor do mundo. Mais de 200 mudanças são feitas nesses sites todos os dias, e isso pode afetar o SEO de algumas páginas, isso também pode acontecer com o seu site. E como os sites do Google recebem do search o mesmo tratamento que qualquer outro que esteja na internet, a equipe da empresa segue as mesmas diretrizes dadas aos webmasters de fora da empresa.

É claro que a correlação não indica necessariamente relação causal, mas vários sites do Google têm tido crescimentos orgânicos fortes depois de fazer algumas dessas mudanças simples de SEO.

Quer saber qual? Então é só clicar aqui e montar a sua estratégia.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

O Seu Site Vivendo Um Momento Crítico

Muitas empresas vivem apagando incêndios diariamente. Sem um planejamento estratégico, elas não sabem o que querem e nem para onde estão indo. Um erro de administração que a maioria das empresas comete. Principalmente as pequenas, que não administram seu “tempo” para buscar mais educação administrativa.

Christian Barbosa, em seu livro, A Tríade do Tempo, explica que existem três tipos de atividades: as urgentes, as importantes e as circunstanciais. Atividades urgentes são todas aquelas que possuem o prazo estourado. Elas são emergenciais e precisam ser resolvidas o quanto antes. Já as atividades importantes são aquelas que fazem parte do planejamento do negócio. Elas precisam ser feitas porque são importantes para conduzir o negócio aos objetivos finais da empresa. Por último, estão as atividades circunstanciais. Atividades que podem ser totalmente ignoradas e que normalmente surgem no dia a dia para atrapalhar a gestão do seu tempo.




Quando você inicia um projeto, seja de uma loja física, um site corporativo ou até mesmo um blog pessoal, você precisa se planejar. Fazer algo por fazer não faz qualquer sentido. É necessário planejamento para saber quais os objetivos do projeto. Isto lhe ajudará, entre outras coisas, a discernir melhor entre o que é importante e circunstancial, além de passar uma visão clara dos seus objetivos para quem for da sua equipe.

Sempre que assumimos o projeto de internet de uma empresa, procuramos definir junto com ela, quais são seus objetivos. Só desta maneira conseguimos gerenciar o projeto de maneira que tanto a nossa equipe como a equipe do cliente, trabalhem por um só objetivo. Muitos projetos fracassam por darem muita atenção as emergências e pouca ou nenhuma atenção ao planejamento do projeto.

Se você estiver vivendo um momento crítico do seu negócio onde se vê trabalhando demais sem produzir bons resultados, pare por um instante. Reserve um dia para sentar e colocar todas as pendências do seu negócio no papel. Pergunte-se: “Quais resultados eu quero obter com este projeto?” Guie sua lista de tarefas com base na resposta a esta pergunta e categorize essas tarefas em urgentes, importantes e circunstanciais. Elimine as circunstanciais e crie um plano para dar cabo o mais rápido que puder das urgentes. Com foco e determinação, você conseguirá eliminar muito rapidamente o que te impedia de produzir bons resultados com o seu projeto.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

Ferramenta Grátis Para Criar Personas

Gerador de persona para facilitar a criação dos planos de marketing e de conteúdo para o seu site ou blog

A cada dia mais pessoas compreendem a importância de produzir bons conteúdo para o seu blog visando um maior engajamento das pessoas e, falar com o público certo, significa criar uma persona para quem você vai produzir todo o conteúdo e isso é de vital importância para o seu negócio, produto e/ou serviço.

A partir desse conhecimento é possível, através do marketing de conteúdo, criar uma comunicação direta com esse público delineando toda comunicação escrita e visual para a persona que pretendes atingir.




A ferramenta desenvolvida pela Rock Content em parceria com a Resultados Digitais, te ajudará na tarefa de criar a persona ideal, que será o perfil do consumidor que acessará o teu conteúdo e que  você pretende encantar e envolver.

O Gerador de Persona, trata-se de uma ferramenta online, em que você segue um passo a passo e cria um PDF com o perfil do consumidor para o seu negócio. A partir desse conhecimento todo o conteúdo produzido poderá ser direcionado, com mais precisão, para esse perfil definido. Experimente.

GERADOR DE PERSONA, CRIE A SUA AQUI A SUA

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

SEO e Marketing de Conteúdo, Como Combinar?

SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de técnicas, estratégias e táticas usadas para aumentar a quantidade de visitantes para um site através da obtenção de uma boa presença SERP (search engine results page) nos mecanismos de busca: Google, Bing, Yahoo dentre outros.




Marketing de Conteúdo é o processo de criação e distribuição de conteúdo relevante para atrair e envolver um determinado público para objetivos claramente definidos, como por exemplo, adquirir e educar clientes, onde qualquer peça de Marketing de Conteúdo que é criado deve visar essa resposta. O principal objetivo é fornecer o máximo de valor a partir de estratégias que atendam a todas as necessidades do público almejado.

SEO e Marketing de Conteúdo devem caminhar lado a lado. Podemos dizer que eles são duas personalidades da um mesma entidade, onde, um não existe sem o outro.

 

Marketing de Conteúdo

  • Concentre-se em ideias-chave.
  • O conteúdo atinge seu público-alvo?
  • A pesquisa de palavras-chave é igualmente importante quando o conteúdo é criado.
  • Notícias, vídeos instrutivos, white papers, ebooks, posts de blog, guias, artigos, perguntas e respostas, imagens, entre outros.




Search Engine Optimization

  • Pesquise palavras-chave para uma variedade de ideias.
  • Escolha palavras-chave na busca para um maior número de usuários.
  • Melhorar o seu conteúdo com estratégias.
  • Direcionar mais usuários para o site com conteúdo de valor.

SEO é a técnica de usar palavras-chave ou frases para ajudar o seu site/blog alcançar um posicionamento mais alto nos resultados dos buscadores. Enquanto, Marketing de Conteúdo desempenha um papel enorme, encantando e engajando o seu público. Ambos são eficazes e você pode alavancar o seu conteúdo melhorando assim a visibilidade e gerando novos leads.

SEO e Marketing de conteúdo são uma dupla imbatível ao trazer uma verdadeira melhoria no tráfego para o site, para todos os seus objetivos de negócio a longo prazo.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

Como se posicionar BEM no Google

Google e a nossa realidade

Pesquisas apontam que mais de 90% das pessoas pesquisam na internet por produtos ou serviços antes de comprá-los.

Hoje qualquer informação buscada se faz através de uma palavra-chave no box (caixinha) dos buscadores  esperando encontrar o que procuram.




Foi com esse propósito, organizar a web, que buscadores como o Google mudou a forma de indexar as páginas. Por esse motivo os sites hoje precisam ter como característica principal o conteúdo para que sejam encontráveis na rede.

A facilidade de uso e a integração entre quem escreve e quem lê foram os principais responsáveis por essa popularidade, e o que inicialmente era um serviço para publicação de diários pessoais online se tornou uma poderosa ferramenta de informação e entretenimento, usada por adolescentes, jornalistas e até por grandes corporações.

Google e o hipertexto

Os mecanismos de busca desenvolvem ferramentas e algoritmos poderosos para rastrear o conteúdo das páginas web. Eles exploram toda web varrendo o hipertexto em cada página.

Com bom senso e utilizando os diversos recursos que temos hoje para SEO para construção de nossas páginas web é possível construir sites que possam ser melhores indexáveis. Então, a nossa maior tarefa é construir páginas com textos relevantes e otimizadas para os buscadores.




A web é uma grande biblioteca e as páginas precisam ser catalogadas. Só que para saber o que as páginas têm, e qual o conteúdo, é necessário que os robôs leiam e entenda o que está lendo. Esses robôs são muitos rápidos, leem as páginas em frações de segundos, então, precisamos projetar textos utilizando algumas estratégias para ajudar os robôs a entenderem o conteúdo do site ou blog.

 

Google: SEO, palavra-chave e o texto

A primeira preocupação que devemos ter antes de projetar o nosso site, é dar atenção as palavras-chaves que desejamos como foco, pois, são justamente essas palavras, que orientarão o que necessita ser indexado pelos buscadores. Sendo assim, antes de escrever um texto para ser colocado no site ou blog, precisamos levar essas estratégias em consideração.

Para ajudar nessa tarefa, podemos preparar algumas perguntinhas que poderão nos ajudar na escolha, como por exemplo:

  1. Quem é o nosso público alvo?
  2. O que buscariam em nosso site?
  3. Uma análise nas estatísticas, caso estejamos fazendo um redesign, também será uma boa fonte de informação.

 

O que deve ser verificado em nossos textos

De posse das palavras-chave, partimos para o projeto do nosso texto e nesse momento devemos observar os seguintes itens:

  • Relevância
  • Densidade
  • Proeminência
  • Proximidade

 

Relevância é a utilização, por página, de algumas palavras-chaves. Não devemos nos esquecer que os buscadores indexam a partir dessas informações. Na sua analise os buscadores procuram a relevância das palavras-chaves dentro do conteúdo do texto, então, devemos ser o mais específicos possível.

Densidade é a frequência com que as palavras-chaves aparecem no nosso texto. Se uma da palavras-chave  “computador” faz parte do nosso objetivo, é necessário que essa palavra apareça mais frequentemente no nosso texto, desta forma, os buscadores acharão relevante o conteúdo do texto. Mas lembre-se, que a repetição demasiada das palavras-chaves pode ser desagradável para quem estiver lendo o nosso texto, portanto, seja sensato(a). Os buscadores têm regras e o excesso pode se interpretado com tentativa de burlar essas regras e, nesse caso, pode ser que não alcancemos o objetivo almejado.

Proeminência envolve os diversos locais onde a palavra-chave aparece. Elas não devem estar somente no corpo do texto, deve ser referenciadas em outras partes, como: no título (TITLE), no META-TAG, no ALT das imagens, nos nomes dos arquivos HTML e nos nomes dos arquivos de imagens. Isso permite utilizar a palavra-chave diversas vezes dentro do HTML, permitindo assim, maior relevância.

Proximidade é a distância entre as palavras-chaves no texto. Trabalhando corretamente a proximidade e a densidade, conseguiremos dar relevância adequada à nossa palavra-chave, facilitando a busca.

 

Concluindo

Escrevendo também pensando nos buscadores pode ser uma questão de sobrevivência, onde, para se alcançar a visibilidade é necessário construirmos sites com base em três pilares: 1- conteúdo, 2 – popularidade e 3 – tecnologia, que na medida certa, pode contribuir para uma bom posicionamento nos buscadores, gerando excelentes resultados.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

Porque PRECISO de um Blog Empresarial?

PORQUE É IMPORTANTE TER UM BLOG PARA A SUA EMPRESA

Com o seu surgimento a mais de 10 anos a febre dos blogs saiu do uso pessoal para o empresarial e ganhou o mundo das organizações. Mesmo se passando tanto tempo algumas empresas, principalmente as pequenas, ainda tem dúvidas sobre a sua necessidade e eficácia.

Os blogs são excelente ferramentas geradoras de oportunidades de negócios. É uma excelente forma de chamar a atenção para os seus produtos e serviços, pois, ajuda ao leitor na busca de soluções para as suas questões. Além, contudo, de mostrar que sua empresa entende do assunto.




Um web site institucional, organizacional, tem um conteúdo estático importante para “falar” da organização, mostrar a sua história, sua missão, visão e valores; os departamentos; permitir contato com a empresa a partir do chat e do fale conosco etc., mas quando estamos em uma busca na internet não temos ideia de onde encontraremos a melhor solução do que estamos procuramos, só temos em mente o que precisamos.

É nesse ponto que um blog conta muito, pois, na organização da internet os robos dos buscadores varrem todos os conteúdos e armazenam esse conteúdo através de indexações, formas decompostas do conteúdo, para acessar quando necessário, para responder a questões dos usuários, mostrando os links mais relevantes.

Quando a empresa tem um blog institucional ou organizacional as postagem são indexadas junto com as páginas estáticas, aumentando com isso, o número de páginas indexadas pelos buscadores, e a chance de aparecer nas primeiras posições da busca orgânica de graça.

E nessa relação a sua postagem poderá levar esse visitante ao seu site e, se o conteúdo for relevante para ele, acabou de ganhar um novo cliente, nesse ponto, do conteúdo e a posteriori, do seu produto ou serviço.

COMO INICIAR UM BLOG

O termo blog em uma linguagem bem simples significa diário publicado na internet, isso significa que segue uma linha cronológica de edição. Mas, como estamos falando de internet, mesmo postagem antigas continuarão a ser mostradas nas buscas orgânicas dos buscadores sem levar essa cronologia em consideração, então, qualquer postagem escrita estará sempre disponível, a não ser que seja apagada do blog.

As postagem precisam ter um planejamento estratégico, o público que pretende atingir definido e alguma periodicidade, pois, não basta escrever algumas postagem, tipo perguntas frequentes e deixar o blog para lá. Isso é um grande equívoco. Pior do que não ter um blog é ter um blog muito desatualizado.




O QUE PODE SER ESCRITO EM UM BLOG

o blog é um canal de comunicação permanente com o seu público alvo e se prestará para informar sobre: novos produtos; usos e técnicas; avisos importantes de última hora; como usar e conservar um determinado produto, enfim, para tudo que desejar comunicar. É como se tivesse um funcionário disponível 24 horas todos os dias para responder dúvidas e questões, sempre precisar pagar salários.

Novas dúvidas podem gerar novas postagem com as devidas soluções, que serão acrescidas de comentários dos novos leitores e, com isso, se cria um canal muito eficiente de engajamento.

Todo esse engajamento acaba permitindo um boca a boca eficiente em torno da sua marca ou da sua empresa, que nos dias de hoje, é muito importante.

O CONTEÚDO DAS POSTAGENS

A sua estratégia de Marketing de conteúdo é que determinará o conteúdo de cada postagem, pois, estará cumprindo uma missão. O conteúdo mais comum é o textual com imagens ilustrativas, quando se fizer necessário, pelo menos uma.

Esse tipo de formato é melhor indexado pelos buscadores e pode levar no seu interior as palavras-chave importante para o negócio, que serão indexados pelos buscadores, aumentando a relevância do seu negócio na internet.

O segundo tipo de postagem muito utilizada são os vídeos, que além de prenderem a atenção, quando bem produzidos, ajudam na solução dos problemas, por exemplos prático e dinâmico. No caso do vídeo esse deve estar na postagem junto com algum conteúdo textual, para facilitar aos buscadores indexar esse o conteúdo convenientemente.

Existem outros formatos também como, por exemplo, o Podcast, um formato em áudio, que se presta muito bem a palestras. etc.

A combinação dos formatos, citados anteriormente, podem gerar uma série infindáveis de conteúdos quando bem planejados, se prestando a praticamente toda a comunicação da empresa com o seu público.

CONCLUSÃO

Sem um blog institucional fica difícil trazer novos visitante da internet para o seu web site. Hoje a internet é um ambiente muito democrático, onde pequenas e grandes empresas disputam lado a lado o mesmo mercado de maneira igual, ou seja, quem ganhar a atenção do visitante primeiro leva o cliente.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

Conteúdo é o Mais IMPORTANTE, o Design Vem Depois

PORQUE FOCAR NO CONTEÚDO

Definir as novas tendências tecnológicas não é nada fácil, porém, elas serão sempre apenas invólucros, meios para apresentar um conteúdo. Este sim deverá ser sempre o fruto das nossa intenções, o mais importante, pois é a partir dele que os visitantes chegam em nossos web sites.




Como é sabido, imagens, vídeos, textos etc., são alguns dos conteúdos disponibilizados na internet e tem como objetivo levar algum tipo de informação a quem procura, porém, essa informação deve ser disponibilizada de maneira simples, responsiva e de qualidade. Como afirma Jakob Nielsen, o resto todo é coadjuvante nesse processo.

Não devemos basear nossos esforços única e exclusivamente no design, que também é muito importante para o processo de retenção do(a) visitante em nosso web site, mas o conteúdo é a estrela e não darmos atenção a esse fato, será um erro fatal.




Essa inversão de valores é muito comum, principalmente, nos pequenos negócios sem um planejamento do conteúdo para um público específico, onde, a inversão de prioridades empobrece a divulgação do que é mais importante para a empresa – o conteúdo, ou seja, levar ao visitante o que ele buscou: informações sobre  produtos, por exemplo.

O sucesso de um web site, seja institucional, blog, e-commerce etc., está no conteúdo que ele produz. Em um mercado cada vez mais disputado link a link, é por ele que os visitantes investem o seu tempo.

A busca de informações na internet é cada vez mais estratégia para a inteligência de negócios online. A qualidade na informação deve ser o fator mais relevante nessa estratégia.




Visitante satisfeito sempre retorna aos sites favoritos, Pense nisso!

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.