Posts

Webdesign, Marketing de conteúdo e Marketing digital estão intimamente relacionados.

Webdesign é um processo que envolve o planejamento e a produção de websites. Este processo pode incluir web design gráfico, redação de conteúdo web, testes de usabilidade e acessibilidade de websites, otimização de mecanismos de busca (SEO) ou outras técnicas de marketing para promover o site.

O marketing de conteúdo se tornou uma parte muito importante do marketing moderno. As empresas estão agora investindo na criação e distribuição de conteúdo, assim como em sua promoção através de vários canais.

Marketing digital é um subconjunto de marketing que se concentra na condução das vendas através de canais on-line, tais como e-mail marketing, otimização de mecanismos de busca (SEO), marketing em mídias sociais (SMM), publicidade display, etc.

Por que o Marketing de Conteúdo é o Futuro do Web Design?


Você pode ter ouvido falar em marketing de conteúdo, mas o que isso significa para seu negócio? O marketing de conteúdo não é apenas um chavão – é uma abordagem ao marketing on-line que pode ser utilizada por empresas de todos os tamanhos e setores.

O marketing de conteúdo é baseado na criação e compartilhamento de conteúdo valioso e relevante com seus clientes atuais e potenciais. Não é um esforço único; ao invés disso, é uma estratégia que você pode usar para construir confiança e autoridade entre seu público. Com o marketing de conteúdo, você está fornecendo informações úteis para seus clientes potenciais, sejam eles guias de como fazer ou outros recursos úteis. Ao fazer isso, é mais provável que você atraia mais tráfego para seu website e melhore a taxa de conversões.

Como o marketing de conteúdo envolve criar conteúdo valioso e compartilhá-lo com clientes em potencial, ele requer muito mais do que simplesmente escrever posts em blogs ou descrições de produtos. Em vez disso, os comerciantes de conteúdo devem pensar em quem é seu público e o que eles precisam deles, bem como como transmitir essas informações de uma forma cativante que repercute nos usuários.

Você precisa ter um bom web design e conteúdo de marketing, mas e o WordPress? Importa se seu website é construído sobre WordPress?

A resposta é sim.

O WordPress é um dos mais populares sistemas de gerenciamento de conteúdo em uso hoje em dia – ele alimenta mais de 30% dos sites na Internet. Isto significa que se você optar por construir seu site em WordPress, será fácil para qualquer pessoa com experiência no uso desta plataforma navegar e usar. Isso também significa que se você quiser contratar alguém para gerenciar o conteúdo de seu site, ele será capaz de fazê-lo sem precisar de treinamento adicional ou software.

Isto facilita o foco em outros aspectos de seu negócio, ao mesmo tempo em que você ainda tem controle total sobre o que acontece com sua presença on-line.

1) É flexível!

O WordPress existe desde 2003 e se tornou uma das plataformas mais utilizadas para a criação de websites. Isso significa que foi testado e modificado por milhões de usuários ao longo dos anos – e evoluiu para uma plataforma extremamente flexível que pode ser personalizada para se adequar a praticamente qualquer tipo de website.

2) É de código aberto!

Você pode pensar que “código aberto” significa que você terá que pagar por licenças ou assinaturas – mas neste caso, “código aberto” significa que qualquer pessoa pode usar o código por trás do WordPress sem ter que pagar nada a mais. Se você sabe como codificar, então tudo o que você precisa.
Código Aberto

O WordPress não é um software fechado em um pacote como um Microsoft Word, por exemplo. Seu código está totalmente disponível para milhões de programadores de todo o mundo que criam seus próprios temas (templates), plugins e funcionalidades para a plataforma sem comprometer o código já produzido anteriormente.

3) Atualização automática

Um dos melhores recursos da plataforma WordPress e que muitas vezes passa despercebido é a funcionalidade de atualização automática da ferramenta. Tudo pode ser atualizado sem comprometer o código-fonte do software, inclusive ele próprio. Plugins, temas e o código-fonte do WordPress são atualizáveis em um clique sem causar qualquer dano ao site. Simples.

4) SEO Amigável

Um dos mais importantes benefícios e que chama mais atenção do mercado, é a capacidade que o WordPress tem de posicionar um site nos primeiros lugares dos mecanismos de pesquisa. Não é à toa, que a plataforma se tornou o xodó das pequenas e grandes corporações no mundo afora. O WordPress fornece logo de início o básico para um bom ranqueamento: código-fonte leve e rápido, urls amigáveis e classificação de artigos em categorias e tags. Estes recursos, aliados a publicação de conteúdo constante, já eleva o ranking do site, mas se você ainda puder utilizar algum conhecimento de programação voltado para SEO, seus resultados serão ainda melhores.

Conclusão

Com WordPress você pode criar blogs, sites corporativos, portais de conteúdo, redes sociais e até sites de comércio eletrônico. Porém, sempre é bom ressaltar que ter uma equipe profissional que faça a manutenção no site é o diferencial maior de todo grande site.

No seu novo site, não se esqueça, utilize WordPress.


Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Planejamento e estratégia podem definir o futuro do seu projeto na web

Costumo dizer que a internet é uma “terra” sem leis. Mas, isso não é apenas atrelado ao fato de que os crimes praticados na internet são quase que impunes. Refiro-me principalmente, ao fato de que, alcançar o “sucesso” na internet está basicamente atrelado ao acaso.

Porém, no mundo dos negócios não podemos contar com o acaso. O que ocorre conosco aqui na MDesign, são empresários ou empreendedores que buscam refazer seus projetos, visando melhorar o planejamento e estratégia na execução.

A internet é um dos veículos de comunicação mais democrático que existem no mundo. Por isso a quantidade de profissionais da área cresce a números assustadores, e, por uma questão de estatística é natural que maus profissionais se infiltrem entre os bons.

É exatamente nesse ponto que o planejamento e a estratégia podem ajudar a identificar se o profissional responsável pelo seu projeto está capacitado para executá-lo ou não. Nenhum projeto é tão simples que não deva ser planejado. Fuja daqueles que evitam esse tipo de prática, é o seu dinheiro que está em jogo, portanto, o mais interessado em protegê-lo deve ser você.

Aqui na MDesign nenhum projeto é executado sem que haja planejamento, nossa principal preocupação é que seu negócio ou empresa não venha causar dores de cabeça.

O WordPress é o nosso principal “poder”. Ele é totalmente adaptável à sua necessidade e, dificilmente, deixará de suprir as necessidades do seu projeto. Além dessa poderosa arma, temos várias estratégias as quais, com certeza, superarão as suas expectativas!

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, faça uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

O poder da constância na atração de novos clientes

Muitas pessoas chegam até nós para falar que os seus sites não trazem quase nenhum cliente. A maioria afirma que os sites das suas empresas são apenas cartões de visitas virtuais e que pouco influenciam a decisão de compra dos seus clientes. Isso é uma história recorrente e que afeta a maioria dos pequenos negócios no Brasil.

O que percebemos ao longo do tempo com essas reclamações é que a maioria deles não faz do site da sua empresa uma ferramenta de educação dos seus clientes.

Uma empresa que possui um site parado, sem qualquer conteúdo relevante para os seus clientes, é o mesmo que um balcão de uma loja sem nenhum vendedor para atender.

Sem uma boa informação, potenciais consumidores passam de site em site como quem ignora balcões de atendimento sem vendedores.

FOCO NA EDUCAÇÃO DO CLIENTE
Hoje em dia nenhuma empresa inicia um ano e termina igual como quando começou. Existem muitas mudanças nos serviços prestados, assim como lançamentos de novos produtos ao longo de um ano. Porém, mais importante do que atualizar o site da sua empresa sempre que uma nova mudança acontecer, é estabelecer com ele, um canal de educação com o seu cliente.

Se uma empresa, por exemplo, vende smartfone, ela não precisa investir em um site de comércio eletrônico inicialmente. Ela pode começar com um site institucional que informe as características de aparelho vendido pela empresa para os seus clientes e ainda agregar no site, um local para discussão e esclarecimento de dúvidas com os seus clientes. Isto irá fidelizar o público estabelecendo um elo de confiança forte entre fornecedor e consumidor.

HOJE O MUNDO É DE QUEM COMPARTILHA
Se você tem uma informação e não a compartilha com o mundo, você não agrega valor. Da mesma forma que se você possui uma empresa e dispõe de informação sobre os seus serviços e produtos e não a compartilha, isto não agrega valor ao seu negócio. A sua empresa é como todas as outras que expõem os seus produtos em gôndolas para demonstração de preços.

Se a sua empresa já tem um site, pense de que forma você poderia atualizá-lo constantemente para atrair novos consumidores. Se a sua empresa ainda não possui um site, então inclua no orçamento do projeto de internet, uma parte para a gestão do conteúdo do site que pode ser feita por uma empresa como a nossa ou uma agência digital. Atrelar um site profissional a uma gestão de conteúdo eficiente e ainda acrescentar serviços de otimização de sites para mecanismos de busca (SEO) com certeza farão mais diferencial no seu fluxo de caixa do que investir em um novo ponto físico do seu negócio.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, faça uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Como construir sua presença na internet

Timothy Ferriss referência internacional em marketing digital, escritor que vendeu milhões de cópias do seu “livro Trabalhe 4 Horas Por Semana”. Entre outras coisas, falou sobre como pessoas, empresas e marcas podem construir uma presença significativa na internet como ele mesmo o fez. .

Sobre como construir uma grande presença na web, Timothy Ferriss recomenda uma combinação que ele mesmo utilizou quando lançou o seu primeiro livro: publicar um conteúdo focado e que nunca sai de moda. Isto significa que restringindo cada vez mais o foco do conteúdo que a sua marca publica e ainda publicando este conteúdo de forma que ele não fique desatualizado conforme o tempo passa, faz com que você e a sua marca ganhem notoriedade no médio e longo prazo. Apesar desta combinação fazer parte do senso comum de quem trabalha com internet ou qualquer outro tipo de publicação, ela não é seguida a risca. O que é uma pena para as pequenas empresas que desejam se destacar através da internet.

Vamos citar como exemplo uma situação em que uma pessoa está querendo ganhar destaque na mídia com a venda de produtos para emagrecer. Ela pode publicar este conteúdo de qualquer forma e sem nenhum foco para abranger o maior número possível de pessoas. Porém, se ela quiser mesmo ter sucesso, o mais correto seria:

  • Determinar melhor o seu nicho: mulheres de 25 a 35 anos por exemplo.
  • Publicar conteúdo que não fique desatualizado: evitar amarrar promoções ao conteúdo, tentando ater-se apenas a educação do visitante em relação aos benefícios do seu produto.

Desta forma, o website em questão teria os assuntos pertinentes a emagrecimento para mulheres de 25 a 35 anos (o que requereria bastante conhecimento de quem escreve) e ainda tópicos que ajudassem quem quer que fosse que passasse pelo website num trabalho sério e constante.

Em qualquer negócio, quanto mais focado for o seu nicho de mercado melhor. Quando escrevemos este artigo, por exemplo, estamos dando foco nas pequenas empresas que são os nossos clientes. Em uma empresa pequena, seja qual for o seu produto ou serviço, vale à pena investir em conteúdo segmentado e que não se perca no tempo, pois só assim é realmente possível construir uma grande marca na internet como conseguiu Timothy Ferriss.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

9 dicas simples e rápidas para seu novo site

1. Contrate um bom servidor de hospedagem

É uma questão de fundamental importância, pois você dependerá desse serviço para manter o seu site funcionando 24 horas por dia, 365 dias por ano, e quando houver algum problema técnico com o site a resposta do provedor de hospedagem deve ser rápida, recomendamos a empresa Hostgator, pois o atendimento é personalizado e muito rápido, pois alguns serviços de hospedagem tem como prazo até 72 horas para resolver as solicitações de suporte.

Não deixe de levar em consideração essa questão, pois algumas pessoas só levam em consideração o preço. Um outro ponto importante é sobre contratar serviços em sites estrangeiros, se você não entende o inglês por exemplo, terá alguma dificuldade para a comunicação com a equipe de suporte desse serviço.

2. Cadastre antecipadamente o perfil do seu site nas redes sociais

Não espere o site ser lançado para fazer isso o cadastro nas redes sociais, verifique antes a disponibilidade do nome que se pretende registrar para o seu projeto. Pode parecer estranho mas recomendamos que você também já faça alguma atividade prévia nesses ambientes sociais para quando o site for lançado posso levar alguma vantagem nos buscadores.

3. Tenha um conteúdo agendado para pelo menos um mês

É sempre uma boa prática publicar conteúdo todos os dias assim que ele é lançado, então tente planejar antecipadamente as publicações que você irá postar todos os dias. O WordPress, por exemplo, permite que você faça agendamento para as postagens pelo tempo que precisar, digamos 30 dias. Assim você só fica com a preocupação de gerar ainda mais conteúdo para frente ao invés de ficar correndo atrás do tempo perdido e dos prazos apertados.

4. Crie um buzz em torno do lançamento do seu site

Dê um evento, patrocine alguma coisa, coloque artigos nas mídias sociais e promova-se com entrevistas sobre o seu projeto antes do lançamento. Muitas das vezes um bom lançamento de site é o que pode fazer realmente a diferença para os rumos de qualquer negócio que almeja ter sucesso. Criando aquele “burburinho” em torno do seu projeto, você pode até ganhar fãs da sua marca logo de início.

5. Planeje as suas próximas tarefas após o lançamento

Se você conseguiu fazer um bom pré-lançamento, como deverá ser o seu pós-lançamento? Quais atividades você deverá executar para que o “movimento” em torno do seu site continue? Existe alguma ou algumas sazonalidades do seu negócio que devem ser respeitadas? Evite ficar correndo atrás do tempo perdido.

6. Certifique-se de que está tudo certo três vezes antes do lançamento

É sempre muito bom chamar algumas pessoas de fora do seu projeto para darem uma olhada e procurarem por algo errado, que não esteja muito legal etc. Verifique também se os endereços de e-mail estão funcionando, os formulários de contato, se há erros no layout e se o seu site funciona na maioria dos navegadores de internet disponíveis. É melhor prevenir que remediar.

7. Comprometa-se com o agendamento

Mesmo deixando o público a par ou não da data do lançamento, é excelente comprometer-se com uma data específica e se dispor a cumpri-la de qualquer maneira, pois sem isto, o seu projeto corre sério riscos de não sair do papel e ficar sempre recebendo novas requisições e “melhorias” antes de ser lançado com a desculpa de que tais coisas eram realmente necessárias para colocá-lo em produção. Planejando com cuidado o seu lançamento, as tarefas com certeza sairão na ordem devida.

8. Divulgue várias maneiras para as pessoas entrarem em contato com você

De nada vale um site que não leva o visitante a entrar facilmente em contato com as pessoas que estão por trás do projeto, seja para tirar dúvidas, dar feedback ou até mesmo adquirir um produto ou serviço. Colocar o telefone ou e-mail logo na cara do site é uma boa alternativa, mas também preocupe-se em melhorar ainda mais a interface do seu site para ser mais fácil encontrar-lhe.

9. Mostre aos seus usuários o que está por vir e armazene-os em uma lista de e-mails

Esta talvez seja a principal maneira de captar e reter clientes logo de início, pois mostrando o que está por vir no seu projeto, pode fazer com que os recém-chegados visitantes sintam-se à vontade para inscrever-se em sua newsletter e poderem ser informados, das novidades do seu site.

Se você conseguir colocar algumas ou todas essas sugestões em prática o seu site terá bastante sucesso e lembre-se: criamos e escrevemos o nosso site e o conteúdo para um determinado público não para nossa satisfação.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.