Posts

Dicas básicas de SEO Para Sites e Blogs

Seo e as buscas

Como você já sabe, as buscas já estão totalmente integradas na nossa sociedade, isso é um fato. A popularização da internet e os avanços tecnológicos potencializaram um comportamento característico do ser humano, que é comportamento de busca.

Hoje conseguimos obter informações em poucos segundos. Realidade totalmente diferente há poucos anos, quando a internet não era tão rápida e não estava disponível em tantos dispositivos.




A sigla SEO (Search Engine Optimization) ou otimização para mecanismos de buscas, onde, definimos SEO como a utilização de técnicas que visam a melhoria do posicionamento nos resultados das pesquisas dos principais buscadores: Google, Yahoo e Bing.

Pesquisas revelam que mais de 90% das pessoas pesquisam na internet por produtos ou serviços antes de comprá-los.

Antes de começarmos, algumas coisas devem ficar claras, nas questões de SEO, não existe mágica nem receita de bolo, não ache que vai chover milhões de visitas no seu blog ou site de um dia para o outro, não é bem assim. Pois, o Google é imprevisível, o que funciona hoje poderá não funcionar amanhã, então, vamos a algumas dicas básicas de seo.

  • Renomeie todas as imagens que enviar para o blog, não transfira diretamente do seu smartfone ou câmera, pois além da imagem ter um tamanho inadequado para o post, como comentado no post como reduzir o tamanho das imagens, não dirão nada sobre o que significam. Se é a foto de um produto, por exemplo, renomeie para algo do tipo: produto-xpto-meublog.jpg.
  • Entitule e descreva todas as imagens, pois, além de aumentar a acessibilidade, permitindo que programas leitores de tela, leiam para quem não consegue vê-las, você adiciona palavras-chaves e com isso aumenta a relevância do post.
  • Crie conteúdo de qualidade e único. Comece postar com alguma frequência, assim você vai criando uma audiência, e, com essa audiência, você construindo um público fiel além de se tornar referência no assunto.
  • Crie uma categoria única para cada post, evite colocar em mais de uma categoria, pois, isso além de causar confusão no visitante, é também utilizado como link para navegação na categoria.
  • Crie títulos únicos e precisos para cada artigo, pois, é a partir desse título que o Google indexará os seus posts. Dedique um pouco de tempo para escrever um título que cause impacto.
  • Crie URL (link das páginas) amigável, pois, isso além de auxiliar o visitante, torna o seu post mais relevante. Endereços do tipo: http://www.provedor.com/?p=123 deve ser configurado para algo do tipo: http://www.provedor.com/meu-artigo-bem-escrito.




Essas dicas e outras dicas se encontram no ebook: “Blogs Que Vendem”, clique e conheça o conteúdo.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

O SEO deve ser definido ANTES de construir o seu site

Antes de fazer ou refazer um site, além do design, é bom definir a nova arquitetura da informação, antes de desenvolver o projeto, pois, isso será fundamental para nortear e organizar o conteúdo e garantirá uma ótima experiência do usuário, uma vez que, ajudará a encontrar o que deseja mais facilmente.




Além dos elementos, acima mencionados, existe algo muito importante que deve ser pensado nessa etapa do processo de desenvolvimento do site e que, se possível, deve ser definido antes, pois isso, irá ajudá-lo muito na tarefa de direcionar tráfego qualificado para o seu site. Um bom projeto de SEO.

Normalmente o que acontece e pensar em SEO somente depois que o site está pronto, o ideal seria que fosse feito antes, ou no máximo, durante o planejamento do redesign do site. Assim quando o site for implantado já estará pronto para otimização nos mecanismos de busca, tornando essa tarefa mais fácil e rápida.




Nessa etapa do projeto de SEO já deve ser definida as palavras-chave mais relevantes para o negócio e devem ser priorizadas  e o conteúdo deve ser escrito com base nelas, com isso se garantirá que o site seja mais relevante para o nicho de mercado pretendido, uma vez, que responderá aos desejos dos usuários apresentando as palavras-chaves por eles pesquisadas, com conteúdo relevante para esses usuários aumentando o grau de satisfação.

Nunca é demais lembrar que esse conteúdo produzido, com base nas palavras-chaves, deve ser de qualidade, pois, não adianta nada usar as palavras corretas  se o conteúdo não oferecer informações úteis para os usuários.

Uma boa estratégia de SEO melhorará em muitos os casos, por isso foquem em palavras-chaves de long tail (cauda longa) em detrimento de palavas mais populares ou genéricas, pois, nas de cauda longa a concorrência é menor e as chances de se obter resultados satisfatório é mais rápido.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

7 Boas Práticas Que TODO Site/Blog Deve Ter

Segundo os especialistas estas regras de SEO são as mais básicas que você precisa seguir se você quer manter sua vantagem competitiva no mundo em constante mudança da internet. Aqui estão sete práticas que você pode seguir para obter a sua presença on-line.




1. Use o WordPress como um CMS

Se estamos falando em SEO, não existe plataforma melhor do que o WordPress, pois, com pouco esforço você conseguirá configurá-lo, deixando do jeito que você deseja. E, por ser muito semântico e desenvolvido seguindo ótimas técnicas de programação é o sistema “queridinho” do Google.

Você pode fazer esse Curso WordPress para entender o funcionamento do WordPress, isso vai facilitar muito as coisas.

2. Use um tema responsivo

Hoje não faz mais sentido deixar os equipamentos menores (tablet, smartfones e celulares) de fora, dessa forma, tenha um tema que se ajuste automaticamente a qualquer tamanho de dispositivo, além do que, como aconteceu com recente mudança do algoritmo do Google (intitulado Mobilegeddon ) que privilegia páginas mobile-friendly, nos resultados de pesquisa, então, por favor,  seu tema WordPress tem que ser “responsivo”, necessariamente, pois, isso também faz parte de um bom SEO.




3. Social Media Optimization (SMO)

No rodapé dessa página existem vários pequenos botões. Eles não estão lá por acaso. Eles estão ligados, cada um, aos meus canais de mídia social, procure usar o nome da sua empresa, tag e/ou palavras-chave destinadas a informar ao Google, e aos seus visitantes, quem somos e o que oferecemos, e, é claro, maior engajamento.

Se você é um negócio B2B ou B2C, você deve ter uma presença em todos os sites que seu público está presente. No mínimo, crie uma página de negócios em todos os sites que você pode pensar de modo que ninguém mais possa usar o seu nome comercial, use a ferramenta de verificação online para saber quais ainda estão disponíveis. É muito importante que esteja presente, pelo menos, no Facebook, Twitter, LinkedIn, Google+ e YouTube, isso ajudará muito o seu SEO.

Sei que isso demandará tempo, mais construa comunidades ativas em cada uma das redes sociais que você achar que obterá o melhor ROI (Return On Investment – Retorno sobre investimento). Este é o mínimo que você deve fazer para o seu site ou blog, se você quiser manter sua vantagem com o Google e seus clientes potenciais.

4. Publicar um Blog

Se você optou pelo WordPress, tenho certeza que fez isso, você já sabe que tem um blog integrado ao seu site, então, use esse recurso publicando regularmente (pelo menos uma vez por semana), conteúdo criado em múltiplos formatos (textos, imagens, infográficos, Slideshare, PDF, vídeo) é uma obrigação para SEO de qualquer startup que quer uma vantagem sobre seus concorrentes e deve fazer parte do seu Inbound marketing.

Se você não sabe sobre que assunto começar a produzir conteúdo, uma boa sugestão é entrevistar seus clientes. Pergunte-lhes sobre os seus “pontos de dor”, os problemas que eles enfrentam e como eles acham que você pode ajudá-los a resolvê-los. Em seguida, escreva sobre o assunto no seu blog. Bom nunca é demais escrever: não esqueça de colocar as suas palavras-chave visando o seu posicionamento de SEO.




O melhor plugin para a tarefa de SEO, no conteúdo do seu blog é o WordPress Seo By Yoast, pois ele permite realizar as seguintes coisas:

Ele permite que você configure praticamente tudo para SEO no seu site.

  • Títulos
  • Meta-Description
  • Taxonomias
  • Facebook Open Graph
  • Twitter Cards
  • Google Authorship
  • Sitemap XML
  • Trilhas de Navegação (breadcrumbs)
  • Conteúdo para RSS

Como conseguir inspiração para escrever os seus conteúdos

Você pode ir a um site como o Yahoo Respostas e ver que tipo de perguntas as pessoas estão fazendo sobre o seu ramo de negócio, produto ou serviço.

Use o Google e outras ferramentas de palavras-chave para pesquisar as palavras que as pessoas estão buscando, quando eles fazem essas perguntas e inserem palavras-chave naturalmente em suas dúvidas.

Não se esqueça de inserir botões de compartilhamento social em seu blog, para que seus leitores possam compartilhar seu conteúdo em suas redes.




5. Construir uma lista de endereços

Há um velho ditado na internet – ” O ouro está em sua lista de email”.  Há uma razão muito boa para isso. É porque o melhor lugar e mais confiável para chegar ao seu cliente, estar em sua caixa de entrada.

Para começar a construir uma lista de email contrate um serviço como o Mailchimp (esse serviço tem uma conta gratuita de até 2000 emails cadastrado) e a partir de um plugin coloque na sidebar do seu Blog o formulário para captura de email. Convide os leitores a assinar o seu blog. Você também pode oferecer algo em troca pela assinatura da lista.

6. Peça Comentários e Recomendações

Não são apenas os rankings do Google que são importantes para os clientes potenciais. Eles também gostam de ler os comentários e recomendações de seus clientes. Isso ajudará muito o seu negócio, acredite.

Se você tem uma empresa, definitivamente, deve ser pró-ativo(a) encorajando os clientes a deixar um comentários, curtir sua Fanpage ou sua Página no Google+ ou fazer um depoimento, em todos os posts. Veja no final desse post.

Os comentários também ajudaram no seu SEO.

7. Fornecer excepcional serviço ao seu cliente

Hoje, quando até mesmo empresas multinacionais são obrigados a criar um canal separado, exclusivamente para atendimento ao cliente no Twitter, os clientes esperam respostas dentro de algumas horas ou menos, não há desculpa para não responder a consultas de clientes ou reclamações nas redes sociais.

Seja via Chat em seu site, seus comentários do Facebook ou do Twitter, você precisa ter uma maneira para os clientes chegar até você e obter uma resposta rápida e cortês em um tempo razoável. Não fazê-lo pode significar a morte do seu negócio.

Muito mais conteúdo poderá sem encontrado no ebook “Tirando o máximo do seu blog”, clique e conheça o conteúdo.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

 

Qual é a Diferença entre SEO e SEM

Qual a diferença básica entre SEO e SEM

O SEO (search engine optimization) e SEM (search engine marketing) são semelhantes e, por vezes até usados ​​como sinônimos, mas, SEO e SEM são estratégias bem diferentes, pois o SEO está contido no SEM.

A maioria das pessoas já tem algum conhecimento sobre SEO (search engine optimization), e as suas diferentes táticas para melhorar o rankeamento de um site nos resultados orgânicos dos mecanismos de buscas. Já com o SEM (Search Engine Marketing), nem sempre, pois, são outras tática que também são importantes para o seu site ou negócio, que inclui além de SEO, anúncios pagos, e outros serviços relacionados com o mecanismo de busca.




Qual a proposta do SEO?

SEO pode ser descrito como as estratégias e táticas usadas para garantir que um site seja acessível a um mecanismo de busca, melhorando as chances de que seja encontrado pelos robôs dos buscadores (Google, Bing, Yahoo e outros motores de busca) e ser bem indexado.

Os Usuários de Internet não clicam em todas as páginas apresentadas nos resultados da busca orgânica, eles clicam na que parecem melhores para as suas questões, dessa forma é essencial estar bem posicionado para atrair mais tráfego para o site, pois dificilmente os usuários ultrapassam a terceira página, na maioria das vezes, tentam resolver as suas questões na primeira página, dai a importância do quanto melhor a classificação de um site nos resultados orgânicos de uma pesquisa, maior as chances desse site ser visitado por um usuário.

Então, SEO é tipicamente um conjunto de práticas que os Webmasters e Webdesigner seguem para te ajudar a alcançar uma melhor classificação nos resultados dos buscadores. Algumas dessas práticas incluem:

  • Criar e publicar conteúdo de qualidade.
  • Uso de palavras-chave relevante para o negócio.
  • Planejamento de link building para melhorar a popularidade.
  • Uso de mídia social em sites como o Facebook e o Twitter.
  • Usabilidade, melhorando a navegação do seu site para fornecer uma excelente experiência do usuário.




O que é SEM?

O SEM é um termo mais amplo que SEO, e é usado para abranger diferentes opções disponíveis para usar a tecnologia de um mecanismo de busca, incluindo anúncios pagos também.

O SEM é frequentemente utilizado para descrever procedimentos associados com a pesquisa, PPC (pay per click), CTR (click through rates) e SEO e outros serviços e técnicas que irão aumentar a exposição e tráfego para o seu site.

Anúncios em uma campanha bem sucedida de SEM será mostrado para os consumidores qualificados que estão a procura de seus produtos ou serviços, resultando em uma maior taxa de conversão.

Concluindo a diferença entre SEM e SEO

O SEM é um termo mais amplo do que o SEO, onde, SEO visa proporcionar melhores resultados na busca orgânica e o SEM usa os mecanismos de busca para fazer propaganda do seu site ou negócio para usuários de Internet, através de anúncio pago, envia mais tráfego qualificado para o seu site. Além do fato que os resultados de SEM são mais rápidos do que os do SEO.

Exemplificando, quando as pessoas digitam na caixa da busca os termos “bolsas de couro”, os resultados orgânicos são os trabalhados a partir das técnica de SEO e podem ajudar seu site ser mais visível. A publicidade paga ou links patrocinados, são aqueles afixados acima ou ao lado direito dos resultados de busca orgânica, é um produto da SEM.

O SEO e o SEM não são serviços concorrentes. O SEO é considerado um subconjunto dos serviços do SEM. Se você quiser fazer negócios na Internet, você precisa estar visível em ambos, nos resultados orgânicos e nos patrocinados (anúncios pagos), o que significa que você precisa tanto de SEO e SEM.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.