WordPress privado somente para assinantes.

Então, o WordPress é um CMS fantástico e tem plugin para tudo o que precisamos para implementar novas funcionalidades em site ou blog. E quando aparece aquela necessidade de tornar o seu WordPress privado, tem algum plugin? Certamente que sim!

Mas, realmente temos necessidade de instalar um plugin para tornar o seu WordPress privado? A minha resposta é não. Mesmo que você não tenha nenhuma experiência com a linguagem PHP, linguagem que desenvolveu o WordPress, você pode fazendo a inclusão de um pequeno trecho de código no seu tema para torná-lo, totalmente privado, ou seja, para o usuário acessar o conteúdo tem que ser registrado. E com isso você poderá cobrar algum tipo de assinatura e lucrar com o seu WordPress.




O que é preciso fazer?

  1. Entrar no painel de administração do WordPress;
  2. Na Opção Aparência, use a opção Editor;
  3. Localize na parte direita o arquivo header.php;
  4. Insira o código antes de qualquer coisa.

Depois do planejamento acima, é a hora de botar a mão na massa.

Logue no seu painel de administração utilizando o endereço: http://www.seudominio.com/wp-admin.

No painel de administração localize a opção APARÊNCIA -> Editor

Localize do lado direito da tela o arquivo header.php (Cabeçalho)

Clicando sobre o arquivo abrirá, no parte central da área de administração, o código para edição.

Você vai colocar o cursor antes de “<?php” e pressionar uma ou duas vezes as tecla ENTER, para abrir um espaço e vai inserir o código abaixo, exatamente como está.

<?php
if ( !is_user_logged_in() ) {
   Header( "location:wp-admin/" );
}
?>

Salve o arquivo clicando no botão Atualizar Arquivo em azul.

Saia do painel de administração e tente entrar no site sem estar logado, certamente você não conseguirá sem informar os dados de usuário e senha.

Pronto agora temos um WordPress privado.

Gostou do post? Comente, curta e Compartilhe.

Precisando CRIAR ou REFAZER UM SITE para melhorar o posicionamento no Google? Pode enviar uma mensagem ou Whatsapp.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *