Qual a melhor plataforma para criar o meu site?

Seja o seu negócio pequeno ou já possua um empresa consolidada e está buscando como divulgar melhor a sua marca aumentando a sua presença no mundo digital, no mercado existem plataformas para criar o seu site, sem precisar de conhecimento técnico em programação.

Criar um site envolve detalhes técnicos, como por exemplo, onde hospedar o site é uma questão muito importante, existem diversas opções que confunde mais do que ajudam.

Para construir um site profissional não é necessário, nem muito dinheiro, nem esforço, nem tempo e, também, não é necessário ser um desenvolvedor web ou tem habilidades de codificação para criá-lo.

Graças a ferramentas como o WordPress, Joomla ou Wix, por exemplo, é fácil para iniciantes terem seus sites.

Plataformas de desenvolvimento

Ter um site na atualidade é muito importante, para ser encontrado na internet e, por esse motivo, o setor de desenvolvimento de sites cresceu muito nos últimos anos.

Esse crescimento também significa mais opções para escolher e analisar, então, qual a melhor plataforma à escolher?

Para simplificar para você vamos te apresentar três opções para que você possa escolher e pesquisar qual usar.

WordPress

O WordPress é a maior plataforma para a construção de sites e blogs mais utilizadas no mundo, tendo duas versões, digamos assim, uma para pessoas comuns que não sabem como instalar e configurar o WordPress.com e para as demais pessoas temos o WordPress.org.

No WordPress.com você acessa o site, cria a sua conta e cria o seu site, de maneira bem simples e começa a usar.

Na versão do WordPress.org, você precisa baixar e instalar em uma hospedagem e fazer as configurações iniciais, dessa forma você tem mais possibilidades na instalação, configuração e modificação do tema escolhido. Essa deve ser a opção escolhida se você deseja maior autonomia na criação do seu site.

Wix

Este é uma outra plataforma de construção de sites do Wix é muita conhecida, oferecendo um plano gratuito, permitindo que com isso que você use o serviço sem precisar gastar dinheiro. Além disso você conta também com um construtor de sites para realizar a tarefa de construir o seu site.

Esta plataforma oferece uma interface básica para manter tudo simples e fácil de usar. Isso é muito bom para quem está iniciando, pois se pode criar um site básico de forma rápida.

O Wix também conta com uma a opção mais completa, com mais funcionalidade para aprimorar a criação do seu site e torná-lo como você deseja.




Joomla

O Joomla, como o WordPress, é bem conhecido no mundo dos desenvolvedores de sites, mesmo não sendo tanto popular como o WordPress, mas oferece as mesmas duas opções: criar um site usando uma plataforma web ou utilizar o Joomla.org e hospedado.

A segunda opção é menos acessível que o WordPress. Ele possui menos opções de navegação nos menus, mas também é uma boa opção para iniciantes

Finalizando

Se você deseja que o seu negócio ou o seu trabalho seja encontrado, é fundamental que você tenha seu site. Porém, se você não possui conhecimento de programação web, com certeza as plataformas para criar sites são boas escolhas, permitindo uma certa autonomia.

Se mesmo depois de conferir nossa lista com algumas indicações de plataformas você ainda estiver com dúvidas, estamos aqui para te ajudar.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Como Detectar o Tema WordPress de um Site

Às vezes, navegando na internet, encontramos páginas da web que gostamos, então bate aquela curiosidade, queremos identificar todas as informações possíveis e descobrir qual CMS ele usa, se é em WordPress, Drupal, Joomla etc. Qual tema ou template e plugins ele usa.

Claro, não recomendo copiar 100%, mas podemos tomar todos esses dados como referência para criar, desenvolver e construir o nosso próprio site. Quanto mais amplo nosso repertório de recursos técnicos, melhores serão os resultados em nosso projeto.

Descubra qual CMS, tema e plugins usa um site

WPTHEMADETECTOR

O WordPress Theme Detector é um aplicativo online que funciona para detectar o tema do WordPress sob o qual uma página da web está executando. Nome do modelo, licença, autor, versão etc.

O ponto forte desta ferramenta é que ela oferece o nome real de cada plugin, a imagem, a descrição, sua popularidade se for o caso, a informação se o plugin é gratuito ou não, e o link real para o site do plugin.

WhatThemeWPisThat

Esta é uma outra ferramenta online semelhante a anterior, eles podem ser combinados para obter dados extras importantes, para se extrair o máximo de um site.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

5 tipos de sites que você pode criar usando o WordPress

O WordPress começou modestamente como uma plataforma básica de blog. Desde esse começo “humilde”, ele se tornou uma das plataformas de desenvolvimento de sites mais versáteis e usada no planeta. É usado por todos os tipos de indivíduos e organizações para uma ampla gama de propósitos.

Teste Comparativo

No gráfico abaixo foi feito um comparativo entre as principais ferramentas de desenvolvimento de sites e blogs: WordPress,  Wix, Blogger, Joomla e Drupal, sendo as duas últimas ferramentas desconhecidas da maioria das pessoas. Dessa forma, podemos constatar que a preferida da maioria  é o WordPress.

comparativo-wordpress-wix-blogger-joomla-drupal-miltondesign
Pesquisa feita no Google Trends.

Blogs

O WordPress tornou os blogs mais acessíveis para um grande número de pessoas e organizações em todo o mundo, pois o investimento para esse tipo de projeto é muito baixo. Existem milhões de blog e o WordPress é a plataforma mais usada por trás de uma grande porcentagem desses tipos de sites interativos.

Um blog pode ser usado de várias maneiras diferentes. Ele pode ser usado para promover produtos e serviços e manter o público online atualizado sobre os últimos desenvolvimentos em um negócio, nicho ou indústria.

Sites para empresas

Alguns proprietários de sites WordPress simplesmente querem que as pessoas saibam que estão presentes online e neste caso a plataforma WordPress é adequada para a construção de sites estáticos também, perfeito para empresas de todos os tipos e tamanhos.

Esses tipos de sites geralmente contêm algumas informações básicas sobre uma empresa, os serviços que prestam, detalhes de mídia social, depoimentos de clientes, estudos de caso e uma página para contato.

Esses sites podem ser construídos de forma otimizada para atrair o tráfego dos mecanismos de pesquisa. Os recursos de blog, também podem ser ativados, para que uma empresa possa interagir com outras pessoas online aumentando o engajamento.

Sites de membros

Muitas pessoas gostam de ser mantidas atualizadas sobre os últimos desenvolvimentos em um determinado nicho ou indústria. A melhor maneira de fazer isso é interagir online com pessoas com ideias semelhantes. Outras pessoas, ainda, desejam aprender mais sobre um determinado tópico e estão preparadas para pagar por esse privilégio.

Em ambos os casos, criar um site de membros ou educacional é a melhor maneira de atender às necessidades dessas pessoas. Vários plugins de assinatura do WordPress foram desenvolvidos para permitir que o proprietário de um site crie sites de assinatura gratuitos ou pagos, onde eles podem discutir em particular seus assuntos de nicho favorito ou obter novas informações sobre qualquer assunto.

Lojas de produtos físicos

Configurar uma loja para vender produtos físicos online pode parecer complicado, em um primeiro momento, no entanto, o WordPress e o plug-in WooCommerce tornaram muito mais fácil a tarefa de criar e configurar seu próprio site de comércio eletrônico.

Você pode listar produtos à venda, anotar pedidos, cuidar do atendimento de pedidos e muito mais através de um painel de administração fácil de usar que inclui todas as funcionalidades que você espera encontrar em uma plataforma de e-commerce moderna.

Lojas de produtos digitais

Todo tipo de produto digital pode ser vendido usando WordPress. Os tipos mais comuns de produtos digitais disponíveis incluem eBooks, impressões, diagramas, PDFs, arquivos de áudio e vídeos. Esses itens são simplesmente carregados em um servidor e listados em seu site. Quando alguém compra uma cópia do seu produto digital, faz o pagamento e o produto é enviado por e-mail ou recebe um link para download.

Muitas pessoas ainda pensam que o WordPress é apenas mais uma plataforma de blog, isso a muito tempo não é mais verdade.

Como você pode ver, é muito mais do que isso e pode ser usado para criar diferentes tipos de sites para indivíduos e organizações, o limite será a sua criatividade e necessidade.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Por que as pessoas criam blogs?

Quando os blogs começaram, o objetivo original era que os indivíduos compartilhassem suas vidas pessoais online, semelhante a um diário online. Na última década, os blogs evoluíram de objetivos mais pessoais para objetivos mais profissionais. Em vez de indivíduos apenas blogarem para seus amigos e familiares, os blogs começaram a abranger profissionais blogando para um público, promover sua marca pessoal e seus negócios. Neste artigo, veremos as razões típicas pelas quais as pessoas optam por começar a blogar e seus benefícios.

Principais razões: Por que as pessoas criam blogs?

Para compartilhar sua paixão

Quando você é apaixonado por algo, quer compartilhá-lo com o mundo. Seja uma paixão por pesca, fotografia ou marketing, o blog é uma excelente maneira de compartilhar essa paixão. Quando você escreve sobre algo pelo qual é apaixonado, abre a porta para se conectar com pessoas ao redor do mundo que falam sua língua e têm as mesmas paixões.

Para educar os outros em algum assunto

Se você é alguém que gosta de ensinar, o blog pode ser uma plataforma para ensinar pessoas que têm interesse em suas áreas de especialização. Através do blog, você não apenas ensinará aos outros, mas também aprenderá mais sobre o assunto. Você aprenderá porque sempre estará procurando mais coisas para ensinar aos seus leitores. Ensinar através de blogs pode naturalmente levar à monetização criando produtos de informação online.

Para ganhar exposição

Os proprietários de empresas que blogam aumentam a exposição de seus negócios de várias maneiras. Criar conteúdo de blog regularmente para o seu site dá ao Google algo novo para indexar, aumentando assim sua visibilidade do site nos resultados de pesquisa. A criação de conteúdo de blog para outras publicações em seu setor, oferece a novos públicos relevantes a oportunidade de descobrir você e sua empresa. Essa exposição oferece mais tráfego que você pode converter em leads e clientes.

Para construir autoridade

Para aqueles que desejam falar em eventos em seu setor ou se tornar um autor, o blog é uma plataforma que você pode usar para criar autoridade. À medida que você escreve sobre o nicho no qual tem mais conhecimento, as pessoas começarão a reconhecê-lo como uma autoridade nesse nicho. Esse reconhecimento levará a entrevistas, podcasts e, finalmente, convites para palestrar e contratos para publicar um livro.

Para classificar nos motores de busca

Como mencionado anteriormente, seu blog fornece ao Google novos conteúdos para indexar regularmente. Você pode usar cada parte do conteúdo para classificar palavras-chave específicas que atrairão seu público-alvo para seu site. Para as empresas, uma combinação de páginas da Web estáticas e postagens de blog permite segmentar palavras-chave comerciais (aquelas que atraem clientes), bem como palavras-chave não comerciais (aquelas que atraem buscadores de informações). Ambos os públicos – clientes e buscadores de informações – podem gerar novos negócios .

Ter conteúdo para compartilhar

O público de mídia social é o mais receptivo a postagens de blog do que anúncios ou páginas de vendas e, da mesma forma, é mais provável que compartilhe postagens de blog com suas conexões do que anúncios ou páginas de vendas. Ao criar conteúdo de blog, você compartilha em seus perfis de mídia social e oferece aos visitantes algo para compartilhar quando visitam seu site. O compartilhamento social do seu conteúdo aumentará a exposição ao seu público-alvo e levará a mais tráfego de entrada.

As postagens do blog também oferecem uma maneira não comercial de promover seus negócios. Se alguém pedir algo em uma rede social, você pode facilmente responder com uma postagem no blog. Ao contrário de responder com uma página de vendas de seus produtos ou serviços, responder com uma postagem no blog será visto como útil e naturalmente levará a pessoa a seus produtos e serviços, especialmente se você incorporar um bom apelo à ação no final de cada de suas postagens.

Você terá ainda outros benefícios criando um blog:

  • Você pode gerenciar sua identidade online e criar confiança
  • Você aprenderá coisas novas
  • Você melhorará suas habilidades de escrita
  • Você pode se tornar proficiente em um novo idioma
  • Você pode obter conhecimento técnico
  • Você se conectará com novas pessoas
  • Você será proclamado um especialista
  • Você será convidado a falar
  • Você receberá ofertas de emprego
  • Você pode começar um novo negócio
  • Você pode vender mais produtos
  • Você pode criar receita com Adsense (publicidade no blog)
  • Você pode obter feedback imediato
  • Você criará mais blogs ou escreverá em outros blogs
  • Blogar pode te dar liberdade, inclusive financeira.

Como você já deve saber, os blogs têm ajudado muitas pessoas e empresas nos últimos 10 a 15 anos. É verdade que há mais de duas décadas, os blogs nem existiam. Hoje, existem milhões de blogs online em todo o mundo, só está faltando o seu.

Então quer criar o seu blog e conseguir sua independência? Você pode criar um blog gratuito no WordPress.com e dar o pontapé inicial em um projeto, mas se quiser mesmo ter maior autonomia e criar um blog em um domínio personalizado e que ajude a divulgar suas ideias, produtos e/ou serviços podemos te ajudar com um projeto exclusivo. Clique aqui e saiba como poderemos te ajudar.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Que fonte é essa?

Certamente você já passou por este problema, ter que identificar uma fonte, letra, tipografia ao receber um impresso, um logotipo etc., e te informam que quem fez não está mais na empresa ou perderam o contato… Com boa vontade você procura nos computadores, mas seu esforço não é recompensado, pois você não encontra nada parecido, e te informam que tem que ser aquela tipografia.




Uma outra situação parecida é você ter gostado da tipografia de um logotipo e gostaria de saber qual é ou como conseguir algo parecido. Então, nos vem a cabeça uma pergunta: tem como identificar uma tipografia em algum site ou ferramenta, fornecendo uma imagem?

Tem sim. O  What The Font com certeza vai te ajudar, você somente precisa fornecer uma imagem da tipografia e em instantes várias opções te são mostradas para você escolher, você confirma os tipos e pronto, é só escolher na relação a tipografia mais próxima.

Veja um exemplo:

Essa imagem é um exemplo do resultado, com um recorte da página, as vezes as opções passam de dez, cada uma com uma pequena variação e quando chegar a mais próxima é só clicar em “Get it” e realizar a negociação.

Faça um teste em: http://www.myfonts.com/WhatTheFont/

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Por que preciso ter um site ou estar nas redes sociais?

A internet é hoje a maior e a principal vitrine para venda de produtos ou serviços. Sem muitos esforços uma pessoa consegue encontrar o que deseja; ter informações completas; ter opiniões de consumidores e decidir o que quer consumir, mesmo que a compra não seja feita online, um percentual significativo, mas de 90% das pessoas buscam informações na internet antes de decidir onde e o que adquirir, seja produto ou serviço ou até mesmo lazer. Estar conectado com o seu público é essencial para manter qualquer negócio saudável.

Qual escolher: rede social ou criação de um site?

O melhor é estar presente nas duas opções e buscar estratégias para ambos os públicos. Nós sabemos que as redes sociais facilitam as coisas e é uma ótima opção para divulgação e interatividade com o seu público, porém conversões em negócios, aquisição de produtos e serviços ou mesmo qualquer contratação se dão através dos sites, entretanto, uma ferramenta não exclui a outra, mas sim se complementam contribuindo para o negócio crescer e ser sustentável, pois cada uma tem o seu papel definido no meio digital.

Redes Sociais

Antes da escolha as pessoas na sua maioria buscam informações nas redes sociais que mais estão familiarizadas, como Facebook, Twitter ou Instagram. As redes sociais são ótimas fontes de informações e interatividade e facilitam muito na escolha, no entanto,  as conversões em compras, aquisições ou contratações se dão quase que exclusivamente através dos sites. Uma alternativa não exclui a outra, pelo contrário, a criação de um site fortalece a marca da empresa, contribuindo comprovadamente para fazer o negócio crescer.

Como vantagens das redes sociais são:

  • Para ter uma conta, basta criar um perfil nas páginas oficiais com um e-mail;
  • Os clientes têm acesso rápido e fácil para ver os produtos e serviços, bem como comentar, deixar opinião ou tirar dúvidas;
  • Os brasileiros gastam, em média, 13 horas do dia em redes sociais. Ou seja, a chance de ele ver sua marca é alta, ainda que necessite investir em estratégias pagas.

Criação de um site

Pesquisas demonstram que  mais de 90% dos usuários conectados já realizaram compras online, por se sentirem mais protegidos 70% dos consumidores só compram em sites.

Os sites oferecem a possibilidade da contratação dentro da própria plataforma, como no caso do e-commerce.

Os sites, em suas páginas oficiais, oferecem maior credibilidade, além de ser um ótimo cartão de visitas, para os negócios.




As pessoas se sentem mais confiantes, pois tem informações mais completas sobre o que desejam comprar. Os sites também oferecem maior segurança, a partir dos selos de segurança oficial, garantindo que dados bancários e formulários cadastrais estejam seguros durante a transação da compra online.

A partir dos mecanismos de busca, as pessoas podem localizar o que desejam encontrar. O site estando bem otimizado e bem ranqueado é suficiente para que as pessoas localizem o seu produto ou serviço mais facilmente.

E por último, um site oferece integração com as redes sociais, a partir dos perfis das empresas ampliando a conexão com os seus clientes potenciais em todas as plataformas.

Concluindo

A criação de um site que seja responsivo, ou seja, que tenha elementos que se ajustem aos tamanhos de telas existentes no mercado, com conteúdo útil, facilidade de encontrar e carregar, entre outros pontos, ajuda a sua empresa a aparecer mais e se posicionar melhor no mercado que atua.

Precisando de ajuda com o seu site? Ou mesmo quer ter um? Estamos pronto para te ajudar nessa questão. Clique aqui e saiba mais.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Como Fidelizar Seus Clientes

Seja você uma empresa de qualquer tamanho ou profissional liberal ou autônomo ou seja você ainda um(a) artesão(ã), doceira, pedreiro, enfim, não importa o que faça ou mesmo o seu tamanho, se você depende de clientes para sobreviver, siga as dicas abaixo e o seu sucesso será uma questão de tempo.

Permita que seu cliente entre em contato com você facilmente

Pensando do lado do consumidor, é muito chato quando esse não encontra os canais de contato do negócio, para fazer uma possível reclamação, tirar uma dúvida etc., não existe ou não é encontrado facilmente.

Se você tem um site, um formulário de contato bem visível ou uma opção Fale Conosco de fácil localização já resolve o problema.

Se você não tem site, nem uma fanpage, por exemplo, no seu cartão de visita ou folder (folheto), os canais disponíveis deve estar bem claro e com os horários que possam te encontrar.

Além das formas citadas a cima, também tem-se a possibilidade de ferramentas online, como os Help Desks, dentre outras formas de comunicação online como Skype, Whatsapp, Facebook Messenger etc. Se você optar por algumas das comunicações online, como as citadas, não demore a responder, seja o mais rápido possível.

E não se esqueça que o mais importante nessa interação  é nunca deixar pergunta sem resposta, seja ela qual for.

Surpreenda o seu cliente com algo mais

Existe um tipo de modelo de negócios chamado Modelo Kano, onde a proposta é entregar algo a mais para o seu cliente, algo de valor que seja importante para ele(a) não qualquer coisas, tipo “chaveiro” ou coisa do tipo.

Para efetivamente causar positivo em seus clientes, existem coisas que é viáveis a se fazer: Entregar produto antes do prazo estipulado; Entregar algum tipo de brinde útil, que possa ser usado junto com o produto entregue; Um cupom de desconto para novas aquisições; etc.

Mesmo que esses benefícios gerem algum tipo de custo, isso poderá levar esse(a) cliente a fazer um novo negócio com você, considere esse custo como investimento para fidelizar e manter o seu cliente, pois, um cliente satisfeito sempre volta e, muitas das vezes traz outros.

Incentive para que ele volte

O ato de fornecer cupom de desconto, por exemplo, para clientes que já compraram de você é uma ótima tática, que tem se mostrado uma excelente estratégia de Marketing, onde você incentiva que o(a) seu/sua cliente retorne e faça novos negócios.

Crie um sistema de pontuação que possa ser transformado em alguma coisa de valor para os seus clientes.

Tenha um controle do seu cliente

Existem algumas ferramentas no mercado destinadas a isso como os CRM (Customer Relationship Management) que ajudarão a você a gerenciar os seus clientes.

Essa ferramentas, dentre outras coisas, permitirão a você administrar informações como:

  • Nome, telefone e endereço;
  • Data de nascimento;
  • Quantos e quais itens foram comprados;
  • Quanto ele já gastou;
  • Relatório de reclamações e elogios feitos por esse cliente;
  • etc.

Você pode controlar essas informações em uma planilha excel, por exemplo, mas, se você tem muitos clientes, busque uma ferramenta CRM. Para te ajudar no mercado existe diversas opções, bem acessíveis.

Conclusão

Se você não cuidar do seu cliente, com carinho, o seu concorrente o fará.

E nunca é demais dizer que, ações como as citadas a cima de retenção de clientes, são mais baratas do que ações para adquirir novos clientes.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

Você quer que a Internet promova o seu site?

Para se obter resultados significativos, para o seu negócio, ideia ou produto, não basta montar um site ou loja virtual e aguardar os acessos que podem gerar negócios. Todo um planejamento estratégico deve ser levado em consideração.  Para atingir os objetivos almejados vamos algumas recomendações.

Usabilidade

Usabilidade numa regra geral, significa facilidade no uso. Quanto maior for essa facilidade em os usuários atingirem os seus objetivos e com maior a rapidez (menor número de cliques) garantirá a satisfação e negócios poderão se concluir. Os sites hoje devem ser planejados visando a maior simplicidade possível, recursos pirotécnicos, introdução animadas ou mesmo sites todo em flash, que demoram para carregar afugentam usuários, principalmente, os mobiles. Não estamos condenando, veementemente, animações em flash, como banners, por exemplo, estes tem o seu papel, mas não devem impedir uma navegação agradável. O site não são construídos para o nosso deleite e, sim, realizarmos negócios.




Otimização

Também conhecido por SEO (Search Engine Optimization) que visa otimização para mecanismos de busca.

A otimização é um conjunto de técnicas que visão estruturar as informações sobre o seu negócio (relevância), objetivando um melhor posicionamento nos buscadores. Através de palavras-chave contidas no site (título, conteúdo das páginas etc.), que devem ser específicas sobre o seu negócio e constantemente atualizadas, onde, possíveis consumidores chegarão até seus negócios. Além de pensar nas palavras-chave a codificação do site também é muito importante, pois sites em flash, se você ainda tem um, não permite aos buscadores “ler” o conteúdo das páginas, portanto, não permitirão uma boa indexação.

Publicidade

A propaganda é a alma do negócio, além de incluir em toda a sua papelaria o endereço eletrônico do seu site existe também a publicidade on-line que tanto pode ser feito através de links patrocinados nos próprios sites de busca, como por exemplo o Google Adwords, UOL etc., como em mídia sociais através de trocas de banners, neste caso, que seja vinculado em sites ou mesmo comunidades ligadas ao tipo de negócios, pois, de outra forma a propaganda poderá não surtir os resultados esperados.

Redes Sociais

A febre das redes sociais (Facebook, Myspace, Twitter etc) tornaram essas, grandes ferramentas para alavancar negócios, onde especialistas acordam que o futuro dos negócios estarão ai baseados no uso dessas plataformas, por ser um canal de comunicação direta entre a empresa e seus clientes. O entendimento desse ambiente, com o seu dinamismo, como o público-alvo reage e interage e de vital importância para o posicionamento e uso.

Email Marketing

E a propaganda através do email. Pesquisas recentes indicam um alto nível de resultado, na ordem de 62%, onde entrevistados revelaram que realizaram compras a partir de um email com promoções. Para que esta ferramenta seja bem utilizada, é necessário definir os objetivos a alcançar e a estratégia sobre como utilizar diferentes formas de campanha, neste caso é sempre bom consultar um especialista no assunto, para não desenvolver uma campanha negativa para o negócio.

Concluindo, as dicas acima te ajudarão a alavancar o seu negócio, seja ele digital ou não, mas a compreensão ampla te ajudará muito mais, sendo assim, criamos o ebook “Aprenda a criar e se relacionar com o seu público” escrito de maneira clara, simples e direta para qualquer tipo de negócio digital.

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.

+ 53% dos aplicativos instalados em 2020 foi desinstalado

A pessoas aderiram aos aplicativos, isso é um fato, principalmente os jovens, eles instalam e desinstalam do seu celular com poucos dias de uso. A taxa média de desinstalações chegou a 53% no ano de 2020, gerando perdas na ordem de US$57 mil por mês para aplicativos médios, isso é 70% mais do que no ano 2019, de acordo com os dados da AppsFlyer, especializado em atribuição móvel e análises de marketing de aplicativos.

Este estudo mostra que mais da metade dos aplicativos baixados em 2020 termina desinstalados em 30 dias. Esses números representam um comportamento global e mostram que os aplicativos não estão proporcionando uma boa experiência e não possuem ativos importantes para os usuários. Os tipos de aplicativos que mais perderam com desinstalações foram Compras e Alimentos, com um aplicativo de tamanho médio perdendo uma média de US$118.000 e US$114.000 dólares mensais, respectivamente, entre os meses de setembro e novembro de 2020.

Já os aplicativos de saúde e condicionamento físico apresentaram uma melhor performance na retenção de usuários, o que pode ser explicado pela busca real por um estilo de vida mais saudável durante a pandemia e o isolamento social.




Em uma pesquisa concluída no final do ano passado, a Digital Turbine, uma plataforma de aplicativos pré-instalados em novos dispositivos, descobriu que os brasileiros são grandes instaladores de aplicativos. Mais de 37% dos brasileiros baixaram mais de vinte novos aplicativos entre julho e setembro de 2020, e 38% dos brasileiros afirmaram que instalam aplicativos com uma certa frequência.

A Digital Turbine descobriu que para aplicativos de redes sociais, de compras, jogos, utilitários e financeiros, que vieram pré-instalados no celular, as taxas de desinstalação são de 5% a 45% mais baixas, do que quando os apps que são baixados da lojas ou anúncios. “Isso mostra que os brasileiros não estão apenas interessados em mais aplicativos, mas que os desenvolvedores de aplicativos devem estar mais abertos a todos os métodos de descoberta desses apps”, diz Mike Ng, CRO Digital Turbine.

Fonte original da notícia: Convergência Digital

Gostou da postagem? Foi útil para você? Então, considere fazer uma doação PIX para nossa edição.

E, precisando de ajuda, clique aqui e saiba como podemos te ajudar.